V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Brinquedoteca “cuidando e brincando” foi inaugurada em Itaporanga d’ Ajuda (SE)

Aluna do curso de Serviço Social da Unit desenvolve projeto para crianças do Caps I

às 19h05
Fonte: ASSCOM
Fonte: ASSCOM
Fonte: ASSCOM
Fonte: ASSCOM
Compartilhe:

Discente do curso de Serviço Social da Universidade Tiradentes (Unit) desenvolveu um projeto para auxiliar no tratamento de usuários infanto-juvenis do CAPS I, em Itaporanga d’Ajuda (SE). A brinquedoteca chamada “Cuidando e Brincando”, visa contribuir, de forma lúdica, no desenvolvimento mental, psicológico e cognitivo das crianças e adolescentes, tornando o tratamento um processo menos traumatizante e mais acolhedor. 

A graduanda do 7º período e idealizadora do projeto, Tânia Meira Souza, afirma que a ideia surgiu durante a elaboração do diagnóstico social do estágio supervisionado I, onde ela observou a falta de recursos materiais e ambiência nos espaços onde eram feitas as oficinas terapêuticas. “Comecei o planejamento em fevereiro trocando ideias com o supervisor de campo, o qual cedeu-me uma sala para a construção da brinquedoteca, e a psicopedagoga do CAPS I, pondo logo em execução as ideias e compra de materiais”, pontua. 

A Brinquedoteca que foi inaugurada no dia 20 de abril deste ano, oferece atividades lúdicas com o objetivo de tornar a criança ainda mais segura, promovendo o raciocínio e o desenvolvimento da capacidade de mobilizar esquemas a fim de resolver conflitos que possam surgir durante as atividades.

“Os tratamentos precisam se apoiar em estratégias lúdicas, que incluem desenhar ou contar estórias, fantasiar, imaginar e interpretar situações, usar bonecos e jogos, pinturas, colagens, argila, massa plástica de modelagem, música e outros instrumentos que caracterizam uma situação natural para a criança em um ambiente livre de censura, com o imaginário aguçado através das múltiplas atividades que uma brinquedoteca pode proporcionar”, afirma. 

Tânia explica que a idealização da Brinquedoteca durou três meses, de fevereiro até abril deste ano, quando foi inaugurada. A aluna ressalta que as crianças precisam de outras formas para expressar seus sentimentos, indo além da linguagem verbal. Por isso, os benefícios das atividades realizadas em um ambiente lúdico são inesgotáveis. No brincar se desenvolve o cognitivo, como a capacidade de mobilizar esquemas a fim de resolver conflitos que surgem durante essas atividades, promovendo o raciocínio.

E o sentimento não poderia ser outro: gratidão. “Uma felicidade enorme em imaginar e poder ver o brilho nos olhos dessas crianças ao adentrar um espaço como esse. Tenho convicção que o estímulo de irem fazer seus tratamentos agora tem outra forma, de prazer e alegria. Gratificante demais”, finaliza. 

Leia também: Estética e Cosmética em Paulo Afonso é referência em infraestrutura

Compartilhe: