V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Qual é a importância da Gerontologia? Entenda!

A graduação de Gerontologia da Unit aborda o envelhecimento a partir de uma perspectiva holística e multidisciplinar

às 13h36
Foto: Freepik
Foto: Freepik
Compartilhe:

Ligado à área de Serviço Social, o ramo de Gerontologia e bem-estar tem ganhado cada vez mais destaque. Para atuar neste setor, a qualificação obtida na faculdade é absolutamente essencial. Além de ter acesso a melhores empregos, o profissional também pode disputar remunerações mais vantajosas. 

O curso de Gerontologia e Bem-Estar da Universidade Tiradentes (Unit), na modalidade de Educação a Distância (EAD), aborda o processo de envelhecimento a partir de uma perspectiva holística e multidisciplinar, combinando conhecimentos de diferentes áreas. Portanto, ao longo da graduação, o estudante contacta com temas que possibilitam uma compreensão global das pessoas na terceira idade.

Graduação e mercado de trabalho

 O profissional em Gerontologia pode atuar em diversas áreas, segundo o tutor do curso da Unit, Adelmax Pedral. “As áreas de concentração são: ensino, pesquisa, educação, promoção da saúde, controle e tratamento de doenças e reabilitação para promover melhorias na qualidade de vida do idoso, favorecendo o envelhecimento saudável”, explica o tutor.

Com a duração de dois anos, o tecnólogo em Gerontologia e bem-estar é ministrado 100% online, onde o aluno só precisa se deslocar ao polo em que está matriculado para a realização das provas de avaliação no fim do período. A matriz curricular é composta por disciplinas de Ciências Biológicas, Humanas e Exatas. Matérias relacionadas com Gerontologia Educacional, Nutrição, Relações Familiares e Cuidados Paliativos estão presentes na estrutura da formação.

A Unit EAD oferece uma graduação de alto nível em Gerontologia, o que faz com que o egresso desse curso reúna um conjunto valioso de conhecimentos e habilidades. Capacitado para atuar tanto na gestão da velhice saudável como da fragilizada, é um profissional humanista, crítico e reflexivo. Está habilitado para exercer as suas funções em contextos interdisciplinares e multiprofissionais, garantindo uma prestação de cuidados focada na qualidade de vida dos idosos. Um dos principais focos do seu trabalho é a acessibilidade, seja através da forma como se comunica ou serviço que coloca à disposição da população.

Leia também: O impacto da tecnologia no ensino e na performance dos alunos

Compartilhe: