V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Curso de Farmácia promove 2ª gincana pedagógica

A ação contou com a presença de centenas de alunos que mostraram suas aptidões e talento por meio da execução de tarefas

às 19h26
Com muita agitação e o cumprimento de tarefas específicas, acadêmicos de Farmácia realizam gincana e reúnem na quadra de esportes da Unit mais de dois mil quilos de alimentos arrecadados para serem doados a instituições carentes.
Alunos participam das tarefas
Alunos participam das tarefas
Os professores participam da Gincana
Alimentos arrecadados superam as expectativas dos participantes
O acadêmico Carlos Muniz Pereira
Compartilhe:

A manhã do sábado, 20, foi de saudável disputa entre alunos do curso de Farmácia da Unit. Na ocasião, diversas tarefas foram executadas por alunos de todos os períodos com o objetivo de promover a interação e de possibilitar a arrecadação de produtos não perecíveis e medicamentos que serão posteriormente doados a instituições de caridade. Para surpresa da própria coordenação do curso, a quantidade de produtos arrecadados superou as expectativas – cerca de 12 mil medicamentos e quase seis toneladas de alimentos. “A gincana tem foco em avaliação de conhecimentos específicos, em apresentação cultural e provas com cunho social”, afirma a coordenadora do curso, professora Juliana Maria Dantas Mendonça.

“A docente  lembra que as tarefas foram distribuídas  para os alunos de todos os períodos e estes se dividiram em quatro equipes responsáveis pela arrecadação dos medicamentos e dos alimentos, além da avaliação de conhecimentos específicos e apresentações culturais”, complementa e coordenadora lembrando que  só foram aceitos os medicamentos que apresentam perfeitas condições de uso e dentro da validade.

“Para o curso de Farmácia, ações como essa são muito importantes, uma vez que a sociedade vê o farmacêutico como um mero balconista. Muitas pessoas desconhecem a importância desse profissional. Daí, a gincana dá visibilidade e ajuda a mostrar para a população sobre o nosso verdadeiro papel”, esclarece Carlos Muniz Pereira, aluno do 10º período.

Compartilhe: