V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Paimi comemora o mês de Maria com atividades

As 60 idosas que integram o Programa de Assistência Integral à Melhor Idade participam das comemorações do mês da mãe de Jesus

às 20h04
A programação reúne os idosos e estudantes que participam de atividades práticas voltadas à terceira idade
A participação das idosas nas ações do programa
A participação das idosas nas ações do programa
Alunas de Estética embelezam as idosas
As professoras Ângela, Zulnara e a acadêmica Eleonora
Compartilhe:

Numa atividade de confraternização iniciada na tarde desta quinta-feira, 18, na sala 6 do bloco C, no Campus Farolândia, na sede do Paimi, e encerrada com missa festiva na capela da Unit, as senhoras integrantes do programa, acompanhadas de acadêmicos e professores de Enfermagem e Estética e Cosmética, participaram de momento festivo em louvor à mãe de Jesus. As comemorações tiveram início com distribuição de lanche e brindes ao som do cavaquinho orquestrado pelo senhor Gerson Rodrigues da Silva, esposo de uma das integrantes do grupo.

“Acrescentamos a esta programação festiva, por ser mês de Maria, a coroação de Nossa Senhora e a Páscoa dos idosos. Durante o ato religioso é feita a distribuição dos pães, e é com esse propósito que desejamos que o grupo se sinta mais coeso, compartilhando a compreensão e o amor”, salienta a coordenadora do Paimi, professora Zulnara Mota.

“A proposta é mostrar para o discente que a saúde está diretamente ligada à promoção do lazer com momentos de realização para os idosos através de atitudes pequenas que resultam em grandes proveitos”, lembra a professora Ângela Maria Melo Sá Barros, ao acompanhar seus alunos do 5º período de Enfermagem, da sua disciplina Saúde do Idoso.

Para a acadêmica Eleonora Martins Dantas Militão, exercitar a disciplina com a participação dos idosos tem um gosto especial. “Muitas vezes eles não têm oportunidade de sair de suas casas para realizar atividades. Daí, a universidade, juntamente com a professora Zulnara, dá oportunidade a eles de sociabilizar, e a nós, de compreender melhor como lidar com quem já chegou à terceira idade”, reconhece a aluna.

Compartilhe: