V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Universo em descoberta

Aulas inaugurais auxiliam jovens acadêmicos a conhecerem o cotidiano da universidade

às 19h04
Os primeiros dias dentro de uma instituição universitária são importantes para que os vínculos entre professores, equipe administrativa e calouros se estabeleçam de forma espontânea
O professor Fábio apresenta os projetos
O professor Fábio apresenta os projetos
Os palestrantes Ícaro Rogério e Domingos Sávio
A participação dos calouros e veteranos
Compartilhe:

Por Nivaldo Menezes

A coordenação dos cursos de Computação reuniu na noite dessa terça-feira, 6, no auditório A do bloco G, no Campus Farolândia, os calouros de Ciências da Computação, Sistemas de Informação, Sistemas para Internet, Redes de Computadores e da mais nova oferta acadêmica, o curso de Jogos Digitais. O encontro, a exemplo do que ocorre durante essas primeiras semanas de aula com outras graduações, tem por objetivo situar os jovens acadêmicos sobre o cotidiano da universidade e trazer à discussão temas que são pertinentes a profissionais, docentes e estudantes.

“Além de abordarmos sobre as questões administrativas e de estrutura das universidades, aproveitamos o momento para falar sobre o planejamento estratégico traçado para o desenvolvimento do curso”, salienta o coordenador dos cursos, professor Fábio Batista dos Santos.

Ele reconhece o momento como importante também para apresentar à comunidade acadêmica o que o mercado oferece e o que esse próprio mercado espera do futuro profissional. Motivo pelo qual contou com a presença do Superintendente de Tecnologia da Informação do Banese, Ícaro Rogério Gomes Ramos, como convidado da noite para discorrer sobre o tema “Mercado de trabalho e profissionais na área de TI: atitudes, comportamento e tendências”. “Esse estreitamento da academia com o mercado é fundamental para que as empresas consigam maximizar os seus negócios”, revela o palestrante.

Outro assunto que se destacou durante a aula inaugural diz respeito ao projeto Tiradentes Innovation Center e foi abordado pelo Diretor de Inteligência Competitiva do Grupo Tiradentes, professor Domingos Sávio de Alcântara Machado.

“Trata-se de um projeto estratégico desenvolvido pelo Grupo Tiradentes que teve início há dois anos, quando colhíamos iniciativas inovadoras dentro do Grupo, mas elas eram pulverizadas. A partir daí coletamos um conjunto de boas práticas em várias universidades do mundo e também estamos criando um centro de inovação para desenvolver projetos e pesquisas ligadas à inovação da educação, buscando a melhoria do aprendizado e o futuro das profissões”, explica o docente acrescentando que será construído um centro no bloco A, no Campus da Farolândia, onde será possível aglomerar um conjunto de projetos de startups com a colaboração de pessoas que pensam no futuro da educação. “É uma espécie de Vale do Silício onde quanto mais pessoas estiverem inseridas, mais teremos condições de descobrir e desenvolver projetos de inovação para o ensino superior”, conclui o professor Domingos Sávio.

Compartilhe: