V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Aula inaugural mobiliza alunos na Unit

As coordenações das licenciaturas da Universidade Tiradentes promoveram aula inaugural no Campus Centro

às 18h39
O Teatro Tiradentes serviu de cenário para o encontro na noite da sexta-feira, 19, dos acadêmicos dos cursos de Pedagogia, Matemática, História e Letras Português/Inglês. Os alunos dos diversos períodos atenderam aos chamados das suas coordenações para discutir temas atuais e de interesse coletivo, entre eles a avaliação no ensino superior.
Professora Karla, convidada para discutir o tema mobilizador
Professora Karla, convidada para discutir o tema mobilizador
Os acadêmicos discutem a avaliação
Alex Sandro, na coordenação de Metemática
A acadêmica Taynara Aparecida dos Santos
Professora Viviane coordena os cursos de Pedagogia, História e Geografia
Professor Clodoaldo na coordenação de Letras Português/Inglês
Compartilhe:

Especialista no assunto, a professora Andrea Karla Nunes apresentou para a comunidade acadêmica a visão que o Ministério da Educação tem do processo avaliativo das instituições de ensino superior.

“Ao trazer essa visão, necessariamente mostramos a esses alunos a forma como o MEC nos avalia in loco durante as visitas realizadas à instituição e aos cursos, e a forma como esses alunos são inseridos dentro do processo avaliativo, necessariamente, através do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes – Enade”, explica a conferencista.

Na opinião do coordenador de Letras Português/Inglês, professor Clodoaldo Messias dos Santos, a aula inaugural representa um momento de integração no qual os alunos dos diversos períodos interagem entre si e encontram a oportunidade de discutir temáticas que são importantes para o profissional das licenciaturas.

A professora Viviane Andrade de Oliveira Dantas comunga da opinião do professor Clodoaldo. Coordenadora dos cursos de História, Geografia e Pedagogia, a docente lembra que a discussão sobre a avaliação é importante porque as licenciaturas não possuem em seus currículos disciplinas cuja abordagem seja correlata. “É importante que os alunos tenham conhecimento sobre a avaliação. É um tema passível de ser utilizado, inclusive, em concurso público”, disse Viviane.

Para a professora e mediadora do debate Betizabel Villar, o tema é polêmico porque as pessoas ainda apresentam muita resistência à Avaliação Institucional. “Gostamos de avaliar, mas não gostamos de ser avaliados”, diz ela lembrando que não há outra forma capaz de mudar o cenário da educação se quem lida com a profissão não começar a olhar para as próprias fragilidades. “O suporte para observarmos essas fragilidades é a própria avaliação”, complementa.

Taynara Aparecida dos Santos Mendes é aluna dos 6º período de Letras/Inglês. Acostumada a participar dos debates promovidos por sua coordenação durante as aulas inaugurais, ela considera o momento de importância ímpar, especialmente para quem está ingressando na universidade. “É um momento que temos de conhecer melhor os próprios colegas, além de discutir sobre temas de interesse coletivo”, revela.

“É um momento ímpar na instituição porque estamos unindo as licenciaturas”, afirma o coordenador do curso de Matemática, professor Alex Sandro Barreto Melo lembrando que a aula inaugural integra um projeto amplo que visa fortalecer as licenciaturas dentro da Unit.PEDAGOGIA1

Compartilhe: