V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Semana de Pesquisa da Unit comemora 20 anos

A programação da Semana de Pesquisa está recheada com palestras e minicursos e inicia com uma conferência internacional

às 18h40
doutor Joseph Buryl Berger, conferencista de abertura
doutor Joseph Buryl Berger, conferencista de abertura
Intelectuais de diversas áreas participam da abertura da Sempesq
A doutora Juliana Cordeiro fala sobre os editais
O Coral Vozes do Paimi abre solenemente a Sempesq
A professora Adriana Karla de Lima fala da importância da Sempesq
O Superintendente Geral do Grupo Tiradentes, professor Saumíneo da Silva Nascimento abre a Sempesq
Compartilhe:

Criada com o objetivo de promover a divulgação dos resultados das pesquisas científicas que são desenvolvidas na Universidade Tiradentes, a Semana de Pesquisa da IES comemora 20 anos ampliando uma discussão entre convidados e estudantes sobre o tema “Educação, tecnologias e inovação para redução das desigualdades”.

É durante a Sempesq que são prestadas contas junto às agências de fomento, como CNPq, Fapitec e à própria universidade, das pesquisas científicas realizadas (ou em desenvolvimento) e também é quando os participantes estreitam relações e discutem com pesquisadores visitantes sobre a qualidade do que é produzido.

“Em razão de o tema do evento ser muito atual, se torna bastante propício para discussão durante a semana”, lembra a coordenadora de Pesquisa da Unit e da Sempesq, professora Adriana Karla de Lima. A docente justifica o tema em razão de que a Semana de Pesquisa da Unit normalmente faz ligação com a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia que ocorreu de 15 a 21 deste mês e cuja edição atual fala que a ciência pode servir para reduzir as desigualdades.

Na opinião do conferencista de abertura da Semana, professor doutor Joseph Buryl Berger, a pesquisa e a internacionalização caminham juntas, especialmente nesse momento em que vivemos com o mundo cada vez mais globalizado.

“A nossa língua, não importa onde estejamos, não deve representar uma barreira. A internacionalização entra nessa questão da pesquisa, no desenvolvimento da educação, com o objetivo de estreitar relações entre os países, as nações e as culturas”, pondera o palestrante, que discorreu sobre o tema mobilizador da semana.

Para a Pró-Reitora de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão da Unit, professora Juliana Cordeiro, o fato de a Sempesq comemorar 20 anos representa uma trajetória em que a pesquisa vem se consolidando na instituição. “Exploramos o nacional e o internacional, saímos da graduação, fomos para a pós-graduação e agora estamos no ensino médio também para agregar conhecimentos e despertar no adolescente a vontade de fazer pesquisa, de inovar, de crescer”, detalha a professora, lembrando que a tecnologia motiva o conhecimento e faz com que a universidade promova a transformação da sociedade.

“Esse é um tema de âmbito nacional que envolve a ciência e a tecnologia para a redução das desigualdades. Também está numa temática mundial da ONU, que tem um projeto até 2030 de melhorar o planeta em que vivemos”, reforça o Superintendente Geral do Grupo Tiradentes, professor Saumíneo da Silva Nascimento. O docente pondera que a ciência e tecnologia devem ser aplicadas para melhorar a qualidade de vida do entorno de onde vivemos.

Acompanhe a programação e participe!

Compartilhe: