Elaboração de currículo: pense que ele é o rótulo de um produto que o recrutador vai querer comprar!

Elaboração de currículo: pense que ele é o rótulo de um produto que o recrutador vai querer comprar!

15 de maio de 2018 Off Por Denise Gomes

Sabe aquela história que a propaganda é a alma do negócio? Isso é a mais pura verdade, inclusive na busca por uma oportunidade no mercado de trabalho. Especialistas em carreiras sempre orientam os candidatos sobre o quanto à boa impressão é o fator determinante nos processos seletivos. E quem pensa que é só sobre os cuidados com a aparência e a roupa no dia da entrevista, a que isso se refere, está completamente enganado. A conquista de uma colocação é um conjunto de fatores que trabalham harmonicamente para que a meta seja concretizada.

Para que esse processo flua conforme o esperado, tudo começa com o bom e velho currículo. Mas, entre tantos modelos existentes na internet, como saber qual deles funciona melhor para o meu perfil, área de atuação, ou mesmo para a empresa a qual irei enviá-lo? Essas são algumas das dúvidas que permeiam os pensamentos de quem irá elaborar ou atualizar esse documento, que é fundamental para atrair a atenção do selecionador.

“Elaborar um currículo não é fácil mesmo. Esse é um processo que deve ser feito de forma cuidadosa e de preferência com orientação de um profissional, um consultor na área de carreiras, por exemplo. Isso vale para aquelas pessoas que estão em busca de estágio, primeiro emprego, bem como para quem já possui experiência, mas está em processo de recolocação no mercado de trabalho”, destacou Janaína Machado, coordenadora do Unit Carreiras.

Sobre o vasto leque que a internet proporciona, com inúmeros modelos e estilos, a consultora orienta, que é fundamental que o candidato identifique qual melhor atende à sua necessidade. “Por saber que esse não é um processo fácil e a escolha de um modelo e mesmo das informações que serão inseridas no currículo, é que oferecemos gratuitamente aqui no Unit Carreiras, diversos serviços, entre os quais de orientação e elaboração de currículo. Afinal, tudo começa por ele e sempre costumo diz que o currículo deve ser como o rótulo de um produto que o recrutador vai querer comprar, claro, se estiver atraente e vendável”, afirmou.

Currículo + Entrevista = Venda

“Assim como na propaganda, a busca por uma colocação é um processo de venda, mesmo porque, é o momento em que você irá mostrar suas competências e habilidades, partindo já do currículo que deve transparecer isso. O segundo passo é provar e comprovar que é um bom vendedor de si mesmo durante a entrevista de emprego, ou mesmo uma dinâmica de grupo”, ressaltou.

A coordenadora destaca ainda que essas habilidades podem ser aprimoradas e desenvolvidas com ajuda profissional. “No Unit Carreiras todos os alunos da Universidade Tiradentes contam com esse serviço de orientação profissional, pois é fundamental se preparar para uma entrevista, para as dinâmicas que sempre são realizadas. Aqui os nossos alunos são orientados sobre como se comportar em entrevistas de emprego, desde o modo que se deve falar, os cuidados com a postura corporal, técnicas para diminuir o nervosismo e assim conquistar o objetivo que é a tão sonhada vaga”, enfatizou.