V E S T I B U L A R 2017.2

Eficiência é a palavra de ordem! Idealizar e otimizar sistemas produtivos, gerenciando pessoas, finanças, materiais, equipamentos e informações para aumentar a produtividade da empresa é trabalho para o Engenheiro de Produção.

O curso de Engenharia de Produção da Unit  foi fundado em 2009 e já é reconhecido pelo mercado como um dos melhores do País. Estudar na Unit é integrar produtividade e qualidade para uma formação eficaz.

Nuevo llamado a la acción

Conheça nossa infraestrutura

Nossos Diferenciais

Está entre os melhores cursos do Brasil

de acordo com o mercado, segundo o Ranking Universitário Folha.

Matriz curricular

completamente atualizada, que articula ensino, pesquisa e extensão para proporcionar a você uma vivência prática desde os primeiros períodos.

Parcerias

com empresas e indústrias para o desenvolvimento de projetos.

Infraestrutura

com destaque para o complexo de modernos laboratórios e ateliês, destinados a práticas em disciplinas.

Corpo docente

composto por mestres e doutores, que vivenciam diariamente a prática da profissão e objetivam contribuir para o avanço da ciência.

Pesquisa e monitorias

nos quais os alunos auxiliam os professores em investigações e aulas práticas, nos diversos laboratórios, promovendo a cooperação mútua, o avanço da ciência e o estabelecimento de novas práticas pedagógicas.

Práticas extensionistas

que viabilizam o contato com a comunidade e o enriquecimento da formação, desde os primeiros períodos.

Biblioteca moderna

com acervo atualizado e acesso aos principais periódicos do mundo, além de ambientes planejados para estudos e recursos tecnológicos de alto padrão.

Convênios

com instituições de destaque e programas de internacionalização, que permitem ao aluno vivenciar parte do curso no exterior, preparando-o para as complexidades da sociedade global.

Estudar na Unit

é ter a certeza de escolher uma universidade que oferta condições concretas para o desenvolver das suas atividades com excelência.

Mercado de Trabalho

As oportunidades para o engenheiro de produção são infindáveis, pois seu conhecimento se aplica aos vários setores da indústria, do comércio e dos serviços. A modernidade da economia brasileira e seu contexto global, a chegada de grandes empreendimentos internacionais e a constante renovação tecnológica são fatores que aquecem o mercado e ratificam a necessidade do olhar técnico e estratégico do Engenheiro de Produção. Através de uma formação multidisciplinar e construção de uma visão holística garantem um amplo campo de atuação a esse profissional, do agribusiness à siderurgia.

Ao estudar na Unit, desde os primeiros semestres já é possível ir acumulando experiências por meio de estágios remunerados, com bolsas entre R$ 400 e R$ 724, ofertados pela própria instituição e empresas conveniadas, através da central de estágio. Ao concluir a graduação os salários iniciais superam aos R$ 2.000. Ao longo da carreira a média salarial ultrapassa os R$ 11.000. Estudar na Unit é estar à frente do seu tempo e almejar um futuro de muitas conquistas.

Estudar na Unit é estar à frente do seu tempo e almejar um futuro de muitas conquistas.

Área de Atuação

Compreender sistemas e máquinas, avaliar relações de trabalho e recursos humanos, aumentar faturamento e produtividade, garantindo qualidade e eficácia, é o cotidiano do Engenheiro de Produção.

A formação profissional na Unit viabiliza a atuação em diversas áreas, desde o desenvolvimento organizacional, analisando e definindo a estrutura de uma empresa até a economia empresarial, gerenciando a vida financeira. Coordenar a  automatização de processos, o planejar e o controlar a produção; desenvolver sistemas de controle de qualidade, antecipar problemas e propor soluções, com uso de ferramentas e TI, são algumas das possibilidades de atuação. Você poderá também seguir a carreira acadêmica, já pensou em ser pesquisador ou professor? A área é vasta e a escolha é sua!

  • Compreender sistemas e máquinas;
  • Aumentar faturamento e produtividade;
  • Coordenar a automatização de processos;
  • Planejar e controlar a produção;
  • Desenvolver sistemas de controle de qualidade;
  • Antecipar problemas e propor soluções.

Informações

José Ricardo Menezes Oliveira, Mestre em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) Conceito 5 (CAPES). Possui graduação em Desenho Industrial pela Universidade Federal da Paraíba (1995), é pós graduado em Tecnologia Educacional, MBA em Marketing e Vendas e pós graduando em Gerenciamento de Projetos. Leciona desde 1996 em IES nos cursos de Engenharia de Produção, Administração, Petróleo e Gás, e Segurança e Saúde no Trabalho. Atualmente é Coordenador do Curso de Engenharia de Produção da Universidade Tiradentes (UNIT). Com experiência focada em tecnologias de modelagem e simulação Computer Aided Design (CAD), Computer Aided Engineering (CAE) e Computer Aided Manufacturing (CAM) como suporte para determinação da Confiabilidade através de Finite Element Analysis / FEA. Autor do livro Fundamentos da Qualidade publicado em maio de 2012.

Docente
Titulação Ingresso Regime Disciplinas Lattes
Aislan Silva Primo Especialista 10/02/2014 Horista
  • Cálculo II
  • Álgebra Linear
  • Equações Diferenciais
Allisson Wesley do Nascimento Venceslau Mestre 08/08/2014 Horista
  • Métodos Estatísticos
Andrea Quaranta Borbosa Especialista 01/09/2014 Horista
  • TCC
Arionaldo Rodrigues Menezes Especialista 15/02/2008 Parcial
  • Práticas de Engenharia de Produção I
Carlos Gustavo Pereira Moraes Mestre 01/08/2014 Horista
  • Física Mecânica
Carlos Roberto Bastos Souza Especialista 03/05/2006 Horista
  • Cálculo I
Cássia D' Antonio Rocha da Silva Mestre 01/03/2001 Parcial
  • Criatividade e Inovação
Cesar Garcia Pavão Doutor 03/08/2015 Horista
  • Algebra Linear
  • Cálculo Numérico
Cleverton de Santa Rita Mestre 01/02/2006 Horista
  • Estratégia de Produção
Denise de Jesus Santos Doutor 03/09/2012 Horista
  • Física de Ondas, T e Ótica
  • Eletrotécnica
  • Física Elétrica e Magnetismo
Douglas de Moura Andrade Mestre 01/02/2006 Parcial
  • Sistema de I Gerenciais
  • Logística
  • TCC
  • Gestão de Cadeias de Suplimentos
Eliabe Vitória Nascimento Especilaista 01/09/2015 Parcial
  • Planejamento e Controle da Produção I
  • Engenharia de Métodos
  • Layout Industrial
  • Práticas de Engenharia de Produção IV
  • Gerência de Produção
  • Gerência de P em Engenharia
  • Estágio Supervisionado em Engenharia de Produção
  • Desenho Técnico II
  • Estratégia de Produção
Eliane Bezarra Cavalcanti Doutor 03/05/2007 Integral
  • Química Geral e Inorgância
Elina Bastos Caramão Doutor 09/02/2015 Integral
  • Química Geral Inorgânica
Flávio Santiago de Carvalho Bispo Especialista 03/02/2014 Parcial
  • TCC
Genival Nunes Silva Mestre 01/08/2013 Horista
  • Gestão e Planejamento Ambiental
Glaucia Regina de Oliveira Almeida Mestre 01/02/2013 Parcial
  • Práticas de Extensão na Área de Engenharia
  • Engenharia de Sustentabilidade
  • Higiene e Segurança do Trabalho
  • Práticas de Produção na Área de Engenharia
  • Práticas de Engenharia de Produção I
  • Práticas de engenharia de Produção II
  • Práticas de Engenharia de Produção III
  • TCC
Igor da Conceição Santos Especialista 20/01/2014 Parcial
  • Eletrotécnica
José Ricardo Menezes Oliveira Mestre 01/09/2011 Integral
  • Engenahria de Produto
Josenito Oliveira Santos Mestre 02/03/2009 Horista
  • Análise E de Investimentos
Katlin Ivon Barrios Eguiluz Doutor 18/03/2009 Integral
  • Ciencia e Tecnologia dos Materiais
Kleber Andrade Souza Especialista 12/08/2013 Parcial
  • Pesquisa Operacional I
  • Engenharia de Qualidade II
  • Engenharia de Qualidade I
Luiz Gomes da Cunha Neto Mestre 02/02/2015 Horista
  • Algebra Linear
Manuela Souza Leite Doutor 09/02/2012 Integral
  • Práticas de Engenharia de Produção II
Marcos Wandir Nery Lobão Doutor 15/09/2005 Integral
  • Pesquisa Operacional I
Mario Celso Neves de Andrade Mestre 02/02/2015 Horista
  • Termodinâmica
  • Planejamento de Controle de Produção II
Nelson Antonio Sá Santos Mestre 03/08/2005 Parcial
  • Química Geral e Inorgãnica
  • Química Orgânica
  • Química Analítica
Paulo Jardel Pereira Araujo Doutor 04/08/2011 Integral
  • Práticas de Engenharia de Produção I
Rebeca Yndira Cabrera Padilha Doutor 03/02/2014 Integral
  • Química Geral e Inorgânica
Ricardo Porto Santos Mestre 14/08/2014 Horista
  • Física Mecânica
  • Física Elétrica e Magnetismo
  • Física de ondas, T e Ótica
Ronaldo Andrusyszyn Celino Tourinho Mestre 19/01/2015 Horista
  • Automação Industrial
  • Linguagem de Programação
  • TCC
Rubens Dias Especialista 01/09/2014 Horista
  • Gestão de Custos
Silvia Maria Egues Dariva Doutor 15/07/2006 Integral
  • Química Geral e Inorgânica
Wellington Antonio Santos Silva Especialista 16/07/2012 Integral
  • Fundamentos da Gestão
Willem Vieira Nascimento Mestre 08/03/2016 Horista
  • Processos Mecânicos
  • Engenaharia de Confiabilidade
  • Engenharia de Confiabilidade

Objetivo Geral

O Curso de Engenharia de Produção tem como objetivo formar profissionais capazes de compreender e dominar competências requeridas para as soluções de problemas, permitindo a perfeita coordenação de tarefas de responsabilidades técnicas e administrativas relativas à integração dos processos produtivos.

Objetivos Específicos

  • Formar profissionais comprometidos ética e humanisticamente para trabalhar em diversos ramos dos setores produtivos com ênfase no atendimento às demandas da sociedade;
  • Aplicar conhecimentos matemáticos, científicos, tecnológicos e instrumentais à Engenharia de Produção;
  • Formar profissionais com macro visão de sistemas, para a inserção em setores profissionais, aptos a tomarem decisões em ambiente de restrições diversas de modo a participar ativamente do processo de desenvolvimento da sociedade brasileira;
  • Capacitar o profissional para a busca, identificação, análise e formulação de solução de problemas relacionados às atividades de projeto, execução e gestão de sistemas produtivos de bens físicos e serviços;
  • Promover a pesquisa e a investigação científica, visando ao desenvolvimento da ciência e da tecnologia bem como à difusão da cultura e desse modo, propiciar a sinergia do homem e do seu ambiente;
  • Estimular a adoção dos princípios da sustentabilidade em todas as propostas e ações de pesquisa e desenvolvimento de produtos e processos;
  • Desempenhar atividades com referência ao preconizado pela legislação atual e em consonância com as demandas sociais, institucionais e produtivas;