Universidade Tiradentes

PÓS-GRADUAÇÃO
2019

Engenharia de Segurança do Trabalho

Diferenciais do Curso

  • Quadro de professores composto por profissionais experientes, formado por mestres e doutores.
  • Realização de visitas técnicas.
  • Aulas práticas em laboratórios com uso de equipamentos e software.
  • Atuação prática em instituições públicas e privadas, empresas de mapeamento, levantamento topográfico e entidades ambientais, assim como em consultorias, treinamentos e projetos.
  • Habilitar profissionais junto ao CREA para exercer atividade de engenheiro de Segurança do Trabalho.

Está esperando o que?Inscreva-se já na Pós-Graduação Unit

Características

  • Carga Horária 680 horas
  • Periodicidade Dois encontros mensais, preferencialmente quinzenais.
  • Horário Sextas-feiras: das 18h30 às 22h e Sábados: das 8h às 12h e das 13h às 17h
  • Local Universidade Tiradentes – Campus Aracaju Farolândia
  • Investimento Matricula R$ 69,90+ 30 parcelas de R$ 350,00, totalizando R$ 10.569,90
  • Benefício 20% de desconto para Egressos Unit, Matricula R$ 69,90 + 30 parcelas de R$ 280,00, totalizando R$ 8.469,90

Sua empresa é conveniada?Confira se sua empresa é conveniada com a Unit

Informações do Curso

  • Geral: capacitar profissionais para estabelecer ações estratégicas que possibilitem fazer a gestão das condições e dos ambientes de trabalho, com o objetivo de prevenir a ocorrência de acidentes, perdas e danos pessoais, produtivos e patrimoniais, assim como agregar valor aos processos operacionais e às características de melhoria contínua.

  • Específico: atender às exigências decorrentes da Portaria nº 3214/78 e das regulamentações posteriores, para fazer frente ao contínuo crescimento da demanda de tais especialistas nas várias áreas de produção.
Graduados em Engenharia ou Arquitetura com formação plena. O curso objetiva atender à crescente demanda do mercado, beneficiando, desta forma, tanto as empresas que disporão de funcionários mais qualificados quanto outros profissionais dessas áreas, que por seu próprio interesse desejem ingressar ou aperfeiçoar-se neste campo em constante crescimento.
Aulas expositivas e em laboratórios, aplicação de exercícios de fixação, realização de seminários, visitas técnicas, elaboração de situações-problemas e atividades práticas que coadunem com a teoria abordada nas aulas.

DISCIPLINA

CARGA HORÁRIA (horas)

EMENTA

Introdução a Engenharia de Segurança do Trabalho

25

A evolução da Engenharia de Segurança do Trabalho. Aspectos econômicos, políticos e sociais. A história do prevencionismo. Entidades públicas e privadas. A Engenharia de Segurança do Trabalho no contexto capital-trabalho. O papel e as responsabilidades do Engenheiro de Segurança do Trabalho. Acidentes: conceituação e classificação. Causas de acidentes: fator pessoal de insegurança, ato inseguro, condição ambiental de insegurança. Conseqüências do acidente: lesão pessoal e prejuízo material. Agente do acidente e fonte de lesão. Riscos das principais atividades laborais.
Legislação e Normas Técnicas

25

Conceituação, Constituição, Lei, Decreto e Portaria. Hierarquia: Legislação Federal, Estadual e Municipal. Legislação Acidentária. Legislação Previdenciária. Legislação Sindical. Consolidação das Leis do Trabalho. Trabalho da Mulher e do Menor. Atribuições do Engenheiro e do Técnico de Segurança do Trabalho. Responsabilidade Profissional, Trabalhista, Civil e Criminal. A Co-responsabilidade. Portarias Normativas e outros Dispositivos Legais. Embargo e Interdição. Convenções e Recomendações da Organização Internacional do Trabalho (OIT). Normas Técnicas- 10 horas aula - Normas Nacionais, Estrangeiras e Internacionais. Técnicas do Preparo de Normas, Instruções e Ordens de Serviço. Importância da Utilização de Normas Técnicas Internas para a Engenharia de Segurança. Normas relacionadas à Engenharia de Segurança do Trabalho (ISO 18.000, OSHAS 8800, etc). Estudo das NRs 1, 2, 3, 5, 7, 9, 15, 18 e 28, e NRR.
Administração Aplicada

30

Administração: conceitos e princípios. Política e programa de Engenharia de Segurança. Organização dos serviços especializados de Engenharia de Segurança do Trabalho. O inter-relacionamento da Engenharia de Segurança com as demais áreas da empresa. Aspectos éticos da Engenharia de Segurança do Trabalho. Elaboração de orçamento para execução de um programa de Segurança do Trabalho. Entidades e Associações Nacionais, Estrangeiras e Internacionais Dedicadas e Relacionadas à Prevenção de Acidentes.
Análise de Cenários para o Meio Ambiente

30

Conceitos Fundamentais: Desenvolvimento Sustentável, Atuação Responsável; Os Riscos Ambientais: Conceito de Riscos, Resíduos Urbanos e Industriais, Contaminação dos Atributos Ambientais; Ações Preventivas e Corretivas: Minimização dos Resíduos, Reaproveitamento, Tratamento e Disposição Adequada dos Resíduos; Planejamento Ambiental e a Preservação dos Recursos Hídricos, Uso e Ocupação das Bacias Hidrográficas, etc.
Estatística Aplicada

25

Princípios gerais da estatística: análises, observações e experimentações. Conceitos de amostragem (índices e características). Métodos de posição e viabilidade. Parâmetros populacionais. Intervalos de confiança. Testes de significância. Distribuição por amostragem das médias, da variância e do desvio padrão. Graus de liberdade. Grandes amostras. Controle de qualidade: teoria dos gráficos CQ, de media e para controle da dispersão. Análise de regressão. Aplicação da estatística no cadastro de acidentes, na avaliação de dados e na apresentação dos resultados (coeficientes de freqüências e de gravidade). Comparação de dados estatísticos.
Planificação de Emergências e Catástrofes

25

Riscos Urbanos. Técnicas de Salvamento e Noções de Salvamento. Explosivos: conceituação e identificação. Poeiras e Misturas Explosivas: reconhecimento e avaliação. Técnicas e Controle de Explosões. Técnicas de Inspeções e Análise de Causas de Explosões. Relação Proteção Pública e Proteção Privada. Planos de Ação Mútua e Comunitária. Planos de Evacuação. Legislação e Normas Relativas à Proteção contra Explosivos. Acidentes Aéreos, Enchentes, Vazamentos de Produtos Químicos e Radioatividade. Defesa Civil. Segurança em Transportes - Incêndio e Explosões na Área de Transporte: Veículos, Trens, Metrô, Aeronave e Embarcações. Transporte de Produtos Químicos. Transporte Aéreo, Transporte Ferroviário. Transporte Rodoviário. Transporte Fluvial e Marítimo.
Temperatura, Ventilação, Radiações e Pressões

35

Sobrecarga Térmica e Temperaturas Baixas: Conceitos Gerais. Ocorrência. Medição e Avaliação. Medidas de Controle. Trabalho Prático. Conceitos Gerais. Ventilação geral: ventilação para conforto térmico, climatização, ventilação natural, ventilação geral diluidora. Ventilação local exaustora aplicada ao controle de poluentes / contaminantes nos ambientes de trabalho. Monitoramento e avaliação dos sistemas de ventilação: métodos e técnicas, aparelhos e medidas. Práticas de laboratório. Programa de Proteção Respiratória. Trabalho Prático. Radiações ionizantes e não ionizantes (radio freqüência, ultravioleta, infravermelho, laser): Conceitos Gerais. Ocorrência. Classificação. Efeitos sobre o ser humano. Medição. Índices de exposição e limites de tolerância. Avaliação e controle. Trabalho prático. Conceitos Gerias. Trabalhos sob ar comprimido: conceitos, ocorrência, efeitos no ser humano, tolerância, medição, avaliação e controle. Trabalhos submersos: conceitos, ocorrência, efeitos no ser humano tolerância, medição, avaliação e controle. Trabalho prático.
Primeiros Socorros

25

Noções de fisiologia aplicáveis a primeiros socorros. Primeiros socorros (leigo) e socorro de urgência (profissional). Materiais de primeiros socorros. Feridas, queimaduras e hemorragias. Fraturas, torções e luxações. Corpos estranhos nos olhos, nariz e garganta. Intoxicação e envenenamento. Parada respiratória e cardíaca. Respiração artificial e massagem cardíaca. Estados de inconsciência. Transporte de acidentados. Equipes de primeiros socorros.
Proteção Contra Incêndios e Explosões

60

Conceitos gerais. Química e física do fogo. Legislação e normas. Identificação, seleção e análise de materiais construtivos e de processos. Carga de incêndio. Programa de proteção contra incêndio: medidas preventivas e corretivas. Agentes extintores. Projeto predial de proteção contra incêndio: sistema de detecção e de alarme. Sistemas fixos e equipamentos móveis de combate. Proteções especiais (elementos da arquitetura predial, sinalizações, especificação de materiais, etc.). Equipe de combate a incêndio. Técnicas e noções de salvamento. Planos de ação comunitários. Planos de abandono. Explosivos: conceitos, identificação, métodos de reconhecimento e avaliação de poeiras e misturas explosivas. Técnicas de controle de explosões. Inspeção e análise de causas de incêndios e explosões: inspeções (órgãos públicos e seguradores). Laboratórios de ensaios. Trabalho Prático
Higiene do Trabalho e Toxicologia

25

Conceitos Introdutórios: agente tóxico, toxicidade, intoxicação. Agentes tóxicos químicos e biológicos: classificação, ocorrência, vias de penetração, absorção, metabolismo, limites de tolerância e ação no organismo humano, mecanismo de desintoxicação. Toxicologia: importância, divisão, objetivos. Principais áreas de atuação (ocupacional, ambiental, de alimentos, de medicamentos e social). Toxicidade, risco de segurança. Toxicocinetica e toxicodinâmica. Avaliação da toxicidade de um agente (químico e biológico). Fatores que influenciam na toxicidade de substancias. Estratégia de amostragem. Métodos e Técnicas de investigação e avaliação toxicológica. Riscos Químicos e Biológicos: conceitos, classificação, ocorrências, índices de exposição e limites de tolerâncias, riscos relativos ao manuseio, armazenamento e transporte de agentes químicos e biológicos. Amostragem, monitoramento, avaliação e medidas de prevenção e de controle (individuais e coletivas). Métodos de analise qualitativa e quantitativa de aerodispersóides nos ambientes de trabalho. Trabalho Prático.
Ergonomia Aplicada

30

Conceitos relacionados à ergonomia no ambiente de trabalho. Noções de fisiologia do trabalho. Limitações sensoriais. Idade, fadiga, vigilância e incidência de acidentes. Erro humano e medidas preventivas. Antropometria estática e dinâmica. O espaço de trabalho. Biomecânica ocupacional: posturas, levantamento e transporte de cargas. Aplicação de forças, lesões de esforço repetitivo (LER). Modelo sistema homem x máquina. Dispositivo de controle de informação. Trabalhos em turnos (cronobiologia). Postos de trabalho: recomendações e princípios para projeto ergonômico. Dimensionamento. Posto informatizado. Perfil profissiográfico do posto. Deficiências compatíveis com o posto e necessidades de adaptação do posto e vias de acesso. Metodologia da avaliação ergonômica.
Perícias de Insalubridade e Periculosidade

30

A reclamação trabalhista. Adicionais de Insalubridade e Periculosidade. Direitos. Justiça do Trabalho e Justiça Comum. Funcionamento das Varas de trabalho. Habilitação e Nomeação do /Perito Judicial. Procedimentos periciais. Elaboração de Laudo Técnico Pericial. Protocolo de Laudo de Impugnação. Laudo complementar. Participação do Perito em Audiência. Atividade Prática.
Prevenção e Controle de Riscos

60

Conceitos gerais e classificação de máquinas e equipamentos. Transporte, manuseio e armazenamento de máquinas e equipamentos: Bombas e motores. Equipamentos de guindar e de transportar. Ferramentas manuais. Ferramentas motorizadas. Vasos sob pressão. Caldeiras. Equipamentos pneumáticos. Fornos. Compressores. Soldagem e cortes. Equipamentos e dispositivos elétricos. Medidas preventivas e de controle de riscos em máquinas e equipamentos: estudos de casos, projetos,  EPIc e EPCs. Legislação e normas. Estudo da NR 12, 13.Demolições. Escavações. Fundações. Desmonte de rochas. Transporte e movimentação de pessoas e de materiais. Máquinas, equipamentos, ferramentas e veículos. Carpintaria. Estruturas metálicas de madeiras e de concreto. Soldagem e corte. Escadas. Rampas e passarelas. Cabos e andaimes. Serviços em alturas, em flutuantes e em locais confinados. Higiene e segurança nas áreas de vivência dos canteiros de obras. Medidas preventivas e de controle de riscos em obras: estudos de caso, projetos, EPC e EPI. Legislação e Normas. Estudo da NR 18.Conceitos básicos de eletricidade. Sistema elétrico típico. Emissões na geração térmica. Unidades de transformação. Aterramento elétrico. Pára-raios. Ambientes especiais. Eletricidade estática. Instalações elétricas provisórias. Serviços com eletricidade. Medidas preventivas e de controle de riscos em eletricidade: estudos de caso, projetos, EPC e EPI. Legislação e normas. Estudo da NR 10, Lei 7.369 e Decreto 93.412.
Organização do Trabalho

25

Organização do trabalho na empresa. Estrutura organizacional. Estrutura produtiva. Métodos de organização do trabalho e Segurança do Trabalho. Racionalismo. Taylorismo e Frodismo. A difusão de novos métodos de Organização do trabalho. Enriquecimento de cargos. Grupos Semi-autonomos. CCQ – Kanban. A evolução em direção e automação. Inovações tecnológicas e condições de trabalho.
Ruídos e Vibrações

30

Ruídos: Conceitos. Ocorrências. Medição. Classificação. Efeitos sobre o ser humano. Avaliação, prevenção e controle. Vibrações: Conceitos. Ocorrências. Influência no ser humano. Avaliação, prevenção e controle. Trabalho prático em ruídos e vibrações. Iluminação Conceitos Gerais. Iluminação: natural e artificial. Iluminação especial. Fatores intervenientes. Níveis de iluminação. Efeitos da iluminação sobre o ser humano (falta / excesso). Medição e avaliação de projetos e de sistemas de iluminação. Trabalho prático.
Psicologia na Engenharia de Segurança, Comunicação e Treinamento

15

Noções de Psicologia. Características da Personalidade. Aspectos Psicológicos do Trabalho e do Acidente. Aspectos Psicológicos da Seleção de Pessoal (Perfil Profissiográfico). O Treinamento, sua importância na Engenharia de Segurança do Trabalho. O Papel do Engenheiro de Segurança do Trabalho na Educação Prevencionista. Requisitos de Aptidão. Aspectos Comportamentais na utilização do Equipamento de Proteção Individual. A Ação Sindical: A Atuação do Engenheiro de Segurança do Trabalho na Relação Capital-Trabalho. Técnicas de Comunicação. Elaboração de Relatórios Técnicos. Desenvolvimento Organizacional. Relações Humanas. Dinâmica de Grupo. Comissões de Segurança do Trabalho. Segurança Integrada.
Engenharia de Métodos

20

Evolução da engenharia, Metodologia de resolução de problemas, Projeto de método de trabalho, Técnicas para registro e analise do trabalho, analise de operação, Estudo de macromovimentos, Princípios de economia de movimentos, Projeto de posto de trabalho, e engenharia de métodos de segurança do trabalho
Ambiente e Doenças do Trabalho

30

Epidemiologia Conceituação e importância. Serviços de medicina do trabalho. Atribuições e relacionamento com a engenharia de segurança. Doenças do Trabalho Relação entre agentes ambientais e doenças do trabalho. Fatores oriundos das doenças do trabalho que influenciam a produtividade e o bem estar do trabalhador. Estudo das doenças do trabalho. Doenças causadas por agentes físicos, químicos e biológicos. Doenças do trabalho na indústria e no meio rural. Aspectos epidemiológicos das doenças do trabalho. Toxicologia Agentes tóxicos. Vias de penetração e eliminação dos tóxicos no organismo. Mecanismos de proteção do organismo. Absorção e metabolismo. Mecanismo de desintoxicação. Sistemas enzimáticos. Limites de tolerância biológica. Métodos de investigação toxicológica.
Proteção do Meio Ambiente

45

Conceitos Gerais. Aspectos legais e institucionais. Caracterização ambiental do meio físico (empreendimento e entorno): agentes físicos, químicos e biológicos. Padrões de qualidade. Controle ambiental: medicas preventivas e corretivas. Configurações de serviços básicos de saneamento numa empresa: abastecimento d’água, efluentes líquidos e sólidos (esgotamento, tratamento e disposição final), resíduos sólidos (coleta, tratamento e disposição). Lixo hospitalar e resíduos perigosos. Legislação e Normas.
Gerencia de Riscos

60

Conceitos básicos: riscos, acidentes, perdas, sistemas. Riscos: conceitos, evolução histórica, classificação, identificação, mapeamento. Arranjo Físico: conceituação, classificação, fatores de influência, fundamentos de lay-out. Fluxos: fluxo geral em edificações, fluxos internos de processos, carta de processo múltiplo, carta de/para. Ralação do layout e dos fluxos com a prevenção e a redução de riscos nos ambientes de trabalho: transporte, armazenamento e manuseio de materiais, cor, sinalização e rotulagem. Classificação de mercadorias perigosas (ONU / IMO) e tabela de segregação. Teoria geral dos sistemas. Confiabilidade humana. Álgebra boleana. Técnicas de análise de riscos: análise preliminar de riscos (APR). Análise de modo de falhas e efeitos (AMTE). Análise de operações. Técnicas dos incidentes críticos. Análise da árvore das falhas (AAF). Prevenção e controle de perdas. Custos do acidente. Avaliação das perdas de um sistema. Decisão sobre riscos e perdas. Modelos de programas de gerenciamento de riscos: - Programa de prevenção de riscos ambiental (PPRA) - Programa de controle médico e saúde ocupacional (PCMSO) - Programa da prevenção da exposição ocupacional ao benzeno (PPEOB) - Programa de conservação auditiva (PCA) - Programa de proteção respiratória (PPR) - Programa de prevenção ergonômica (PPE) Trabalho prático.
Metodologia da Pesquisa Científica

30

O caráter do conhecimento. A questão do método Científico de Pesquisa. Elaboração do Projeto de Pesquisa. Normas e procedimentos para elaboração de trabalhos científicos (Relatórios Técnicos, Relatórios Periciais, Teses e Monografias). Filosofia da construção do conhecimento acadêmico de Segurança. Conceituação e características da aprendizagem. A relação ensino-aprendizagem. Problemas de aprendizagem. Métodos de didática geral. A avaliação do processo. A didática aplicada à Engenharia de Segurança do Trabalho. O papel do Engenheiro de Segurança do Trabalho na Educação Prevencionista. Técnicas de Dinâmica de Grupo.
Trabalho de Conclusão de Curso  

00

O Trabalho de Conclusão de Curso consiste na elaboração individual de um artigo científico, orientado por um professor do curso.
Total

680

 
Coordenação
  Arionaldo Rodrigues Menezes
Possui graduação em Ciências Contábeis pela UNIT (2006) e Especialização em Planejamento e Gestão Ambiental - UNIT 2010. Atualmente é Técnico de Projetos, Construção e Montagem Sênior - Petróleo Brasileiro S.A - Petrobras, gestor do Sistema de Informações Geográficas da UO-SEAL - GISSEAL, Representante da Petrobras na Resgeo - Rede Sergipe de Geotecnologias, Representante do UO-SEAL no comitê de Geodesia e Geoprocessamento da E&P-Petrobras, coordenador dos cursos de Pós-graduação em Engenharia de Segurança no Trabalho (2012), Engenharia de Petróleo e Gás (2013) e Geoprocessamento (2014), professor dos cursos de Engenharia Mecatrônica, Civil, Ambiental, Petróleo, Produção, tecnológico em Petróleo e Gás e Segurança no Trabalho, atuando principalmente nos seguintes temas: Desenho Técnico, Práticas Extensionistas e Práticas em Engenharia de Petróleo e Sistemas de Informações Geográficas
E-mail: arionaldomenezes@yahoo.com.br
http://lattes.cnpq.br/2084089532953295
   
Universidade Tiradentes
0800 729 2100 (ligação de telefone fixo)
79 3218-2141 / 98115-0490