Apresentação

LABIMH

As raízes do Laboratório de Biociências da Motricidade Humana – LABIMH se encontram no início dos anos noventa, na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro – UFRRJ, quando foi criado um grupo de estudos com a denominação de Laboratório de Biometria e Fisiologia Humana – LABIFIE.

O LABIFIE teve papel de destaque no desenvolvimento científico nesta universidade pública e na implantação do Núcleo do Instituto de Ciência da Atividade Física – NUICAF, da Força Aérea Brasileira. Cabe ressaltar que na época o NUICAF era o mais atualizado e melhor equipado laboratório brasileiro de ciências do esporte e que teve uma importante participação na conquista da Copa do Mundo da FIFA de 1994. Destaque-se que 100% dos pesquisadores dos laboratórios de Fisiologia do Exercício e de Cineantropometria, do NUICAF originaram-se do LABIFIE.

 Em 1995, com a implantação do Programa de Pós-graduação Stricto Sensu em Ciência da Motricidade Humana – PROCIMH, da Universidade Castelo Branco – UCB, fundou-se o LABIMH, com a preocupação em desenvolver conhecimentos e tecnologias facilmente aplicáveis à realidade brasileira.

O Laboratório tinha como premissa, orientar o profissional de Saúde em geral e o de Educação Física em especial, de como realizar atuações que independessem de instrumentais dispendiosos sem, no entanto, renunciar ao rigor científico e à eficácia. Com o objetivo de avaliar, prescrever, controlar e conduzir programas voltados para as necessidades específicas de atividade física e treinamento desportivo de grupos sociobiológicos distintos. O fator diferencial nesta ação foi a não utilização de equipamentos sofisticados e mesmo assim, se obtendo resultados comparáveis ou mesmo superiores aos auferidos com a utilização de metodologias muito mais onerosas. O ineditismo desta proposta possibilitou que o trabalho desenvolvido no LABIMH obtivesse uma excelente aceitação em nosso país, na América Latina e na Europa ocidental.

Em 2010, com o fim do PROCIMH, os dois líderes do LABIMH/UCB se transferem respectivamente para a Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ e para a Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro – UNIRIO. Nesta última, o laboratório foi cooptado pelo Programa de Pós-graduação Stricto Sensu em Enfermagem e BiociênciasPPgEnfBio (Doutorado). Com isso passaram a existir dois LABIMH.

Em agosto de 2014, com a vinda do Prof. Dr. Estélio Dantas para a Universidade Tiradentes, criou-se o LABIMH/UNIT, em Aracaju/SE e em setembro do mesmo ano a Universidad Autónoma de Baja CaliforniaUABC, no México, cria o LABIMH/UABC.

Em 2016 o LABIMH/UNIT passa a integrar o Programa de Pós-graduação Stricto Sensu em Enfermagem e Biociências – PSA.

Em 2017, fruto de um DINTER entre a UNIRIO e a UERR, cria-se o LABIMH/UERR em Boa Vista/RR. Por fim, por ocasião do Pós-doutoramento do Prof. Dr. Maurício Rocha Calomeni, criou-se o LABIMH/ICESENSA em Campos dos Goytacases/RJ.

Ao longo destes anos de existência o LABIMH produziu mais de 40 livros (diversos no exterior), 80 capítulos de livros, 600 artigos na íntegra em periódicos científicos, 1.200 trabalhos em anais de congressos e 1.500 conferências ou cursos. Além disso, nos programas nos quais os pesquisadores do LABIMH participaram, já se formaram mais de 50 doutores e 250 mestres.

Também é importante se ressaltar que o LABIMH se institucionalizou, para facilitar sua atuação no campo da inovação, da extensão e da internacionalização associando-se à uma Organização Não Governamental Internacional – ONGI, a Rede Internacional de Motricidade Humana (International Human Motricity Network – IHMN – http://www.ihmn.org), que hoje congrega 50 universidades de 19 países.

Atualmente o LABIMH/UNIT é constituído por 56 pesquisadores, dos quais 28 com doutorado e oito pesquisadores estrangeiros e 38 estudantes de pós-graduação e de graduação. Todos motivados a fazerem um trabalho de excelência como nossa herança histórica exige.