V E S T I B U L A R UNIT
MENU

“A IC foi e é importante por ser um divisor de águas”, diz acadêmica

Bárbara Vitória Moura é estudante do curso de Farmácia e conheceu a Iniciação Científica.

às 11h15
Compartilhe:

A estudante do curso de Farmácia da Universidade Tiradentes, Bárbara Moura, conheceu a Iniciação Científica ainda no 2º período. O encanto pela área aconteceu logo no primeiro contato.  

“Busquei através dos professores e coordenação sobre o processo de seleção e tentei entrar. Fui aceita e, desde então, faço parte desse mundo fantástico da pesquisa. A experiência com a Iniciação Científica foi e continua sendo umas das melhores que podem ser vivenciadas na universidade. A sensação é única e a interação no laboratório nos exprime um contato com o que desejamos trabalhar no futuro”, comenta Bárbara.

Para a estudante, a pesquisa vai além de estar em um laboratório. “Todos os dias são oportunidades únicas para aprendermos e agregarmos valores à nossa graduação. Este é o meu primeiro projeto e tenho certeza que não será o único. Cada projeto é encantador e uma experiência diferente. Todo aluno deveria passar ao menos uma vez em contato com a iniciação científica”, acrescenta.

Bárbara Moura participa do projeto Desenvolvimento de extrato do fruto verde de Genipa americana L para coloração de fibra capilar, orientada pelas docentes Maria Nogueira Marques e Juliana Cordeiro Cardoso, além do doutorando Adilson Allef Morais Santana.

“A iniciação científica foi e é importante por ser um divisor de águas na forma como vivenciei a minha graduação até o momento. A IC abriu portas, me forneceu conhecimento, além de aprimorar campos, não só práticos dentro do laboratório, como teóricos, me fazendo aperfeiçoar na leitura e produção de artigos científicos”, destaca.

“A pesquisa é um mundo fantástico porque nos permite imergir em assuntos que um dia acreditamos que não fosse possível. A dedicação à pesquisa vai além de um projeto inovador. É uma possibilidade de inúmeras descobertas e que a cada dia você tem mais vontade de continuar. É necessário foco e estudo, criar novos hábitos de entender sobre seu projeto e aprimorar a leitura em sua vida”, finaliza Bárbara. 

Veja também: Conheça os programas de Bolsas de Iniciação Científica da Unit.

 

Compartilhe: