CPA

A Universidade Tiradentes objetiva continuamente a melhoria da qualidade do ensino, da pesquisa e da extensão, e para que essa melhoria seja efetivada sabe que a participação de todos os atores que compõem o cenário educacional é primordial.

Professores, alunos, funcionários e a sociedade são essenciais no processo de análise e reconhecimento dos serviços ofertados pela Instituição, sendo assim, ouví-los promove o autoconhecimento e a tomada de decisão. E esse processo ocorre através da Autoavaliação Institucional, promovida pela Comissão Própria de Avaliação (CPA).

A Comissão Própria de Avaliação é prevista pela Lei Federal nº 10.861, de 14 de abril de 2004. De acordo com o disposto no art. 11, cada instituição deve constituir uma CPA com as funções de coordenar e articular seu processo interno de avaliação e disponibilizar informações que possibilitem melhorias funcionais e educativas. Essas comissões devem ser cadastradas no INEP e devem ser compostas por representantes de todos os segmentos da comunidade universitária e da sociedade civil organizada.

Fale conosco

E-mail: cpa@unit.br

Links importantes

Retorno de Avaliações

Por meio do sistema Magister, do site da Instituição, quadro de avisos e de reuniões com as áreas acadêmicas e administrativas da IES, os resultados dos processos avaliativos desenvolvidos pela CPA são amplamente divulgados. Semestralmente, os dados da Avaliação Nominal Docente e da Gestão Acadêmica são atualizados e colocados à disposição de forma detalhada para professores e alunos.

Os resultados das avaliações são também analisados pelos gestores, coordenadores e pela própria CPA, que por meio de reuniões e grupos de debates propõe ações para melhoria da qualidade dos serviços prestados pela Instituição.

A CPA também promove a divulgação das demandas apresentadas pelos diversos segmentos da Instituição e informa quais ações estão sendo desenvolvidas para corrigir eventuais fragilidades e aperfeiçoar as potencialidades já identificadas.

Avaliação Institucional 2017

Em uma escala de 0 a 10, o quanto você recomendaria a Unit para seus amigos, familiares ou colegas de trabalho?

Notas entre 8 e 10
73,46%

Medicina

Notas entre 7 e 10
77,61%

Educação a Distância

Nota entre 7 a 10
72,42%

 

Avaliação Nominal Docente e da Gestão Acadêmica


Todos os questionários os respondentes atribuem um conceito que está distribuído em uma escala que vai de 1 a 5, onde:

  • 5 = Excelente
  • 4 = Muito bom
  • 3 = Bom
  • 2 = Regular
  • 1 = Insuficiente

Conheça os questionários de avaliação

1) Contribuição do plano de ensino e aprendizagem (ementa, objetivos, metodologia de ensino, critérios
de avaliação, conteúdos e bibliografia (básica e complementar) apresentado e disponibilizado
pelo professor para os seus estudos foi:
2) Avalie o professor com relação ao cumprimento de horários previstos para início e término
das aulas? (Pontualidade)
3) Como você avalia a frequência do professor às aulas? (Assiduidade)
4) Avalie o professor em relação ao cumprimento do conteúdo do Plano Integrado de Trabalho (PIT),
disponível no Magister.
5) Desafio para aprofundar conhecimentos e desenvolver competências críticas e reflexivas
a partir de metodologias de ensino utilizadas pelo professor.
6) Coerência entre as avaliações de aprendizagem (Provas, Medida de eficiência(ME),
trabalhos práticos, relatórios, etc) e o conteúdo ministrado.
7) Estímulo para estudar e aprender a partir da relação professor-aluno durante o
semestre.
8) Atividades apresentadas pelo professor que articulam a teoria e a prática profissional.
9) Incentivo do professor para a utilização de livros, artigos, periódicos e demais
itens para ampliação do seu conhecimento.
10) Como você avalia a orientação de trabalhos e desenvolvimento de atividades práticas
realizadas em sala de aula e/ou aquelas desenvolvidas fora de sala de aula?
1) Como você avalia a comunicação da coordenação do curso com os alunos?
2) A coordenação do curso promoveu ações de mediação em situações eventuais de conflito ocorridas
na relação professor-aluno.
3) Avalie o atendimento prestado pela coordenação do curso quanto a resolução de problemas.
4) Domínio do coordenador a respeito das informações sobre a instituição e clareza no repasse aos
alunos.
5) Atendimento presencial aos discentes mantido pela coordenação de curso.
1) Como você avalia a comunicação da coordenação do curso?
2) Como você avalia a atuação da coordenação do curso em relação ao acompanhamento das atividades
do Programa de Formação Docente, estágios, pesquisa, extensão, monitoria e demais politicas institucionais?
3) Como você avalia o engajamento da coordenação para o desenvolvimento do curso.
4) Atribua um conceito a coordenação quanto às divulgações das atividades do colegiado de curso.
5) Atribua um conceito a Coordenação de Curso quanto a divulgação de atividades do Núcleo Docente
Estruturante.
6) Qual conceito você atribui a qualidade das reuniões pedagógicas organizadas pala Coordenação
de Curso?
1) Avalie o professor quanto ao preenchimento do PIT no início de cada semestre letivo?
2) Avalie o professor com relação ao cumprimento de horários previstos para início e término das
aulas? (Pontualidade)
3) Avalie o professor a frequência do professor às aulas? (Assiduidade)
4) Como você avalia a comunicação do docente com a coordenação do curso.
5) Avalie o docente quanto à participação e envolvimento em eventos do curso (Semana do curso, Semex,
Sempesq, Jornada Pedagógica, Seminários, Oficinas).

6) Avalie a relação interpessoal do professor com os alunos?

1. O Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) possibilita autonomia para o autoestudo.
2. Facilidade na utilização e/ou navegação no Ambiente Virtual de Aprendizagem
3. Divulgação das informações, necessárias para o desenvolvimento da disciplina, postadas no Ambiente Virtual de Aprendizagem
4. Os conteúdos trabalhados na disciplina contribuem para sua formação acadêmica.
5. Contribuição das vídeoaulas para a facilitação de aprendizagem.
6. Contribuição dos Podcast para a facilitação de aprendizagem.
7. Contribuição dos objetos de aprendizagem para a facilitação de aprendizagem.
8. Qualidade do conteúdo do livro para sua aprendizagem.
9. Importância dos fóruns de discussão para a sua aprendizagem.
10. Relação entre o conteúdo da disciplina e a Avaliação de autoaprendizagem (ME).
11. Clareza e objetividade nas avaliações de autoaprendizagem (ME).
12. Relação entre o conteúdo da disciplina e a PAS (Produção de Aprendizagem Significativa)
13. Clareza e objetividade para elaboração da PAS (Produção de Aprendizagem Significativa)
14. Atendimento prestado pelo professor no ambiente virtual de aprendizagem.
15. Clareza e objetividade das informações enviadas pelo professor.
16. Contribuição do Encontro Presencial para a realização das atividades.
17. Atendimento prestado pelo suporte técnico.
18. Satisfação com o processo de agendamento de provas.
19. Praticidade do Chromebook para a resolução das questões da prova agendada.
20. Relação do conteúdo abordado na disciplina e o nível de dificuldade apresentado na prova.

21. Satisfação geral com a disciplina online cursada.

Composição Atual 2017

A Comissão Própria de Avaliação (CPA), é composta por integrantes do corpo docente, discente, técnicos administrativos e representante da Sociedade Civil Organizada. Atualmente é definida através de portaria 055/2017, e tem a seguinte composição:

Representantes Titulares:

Prof. José Adailton Barroso da Silva – Presidente.

Profª Valéria Cristina Bonini – Representante dos Coordenadores de Curso.

Profª Andréa Karla Ferreira Nunes – Representante dos docentes da Área de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas.

Prof. Alex Sandro Barreto Melo – Representante dos docentes da Área de Ciências Exatas e Tecnológicas.

Profª Wanessa Lordelo Pedreira – Representante dos docentes da Área de Ciências Biológicas e da Saúde.

Bruno Lima Alves – Representante dos Discentes da Área de Ciências Exatas e Tecnológicas.

Marília S. Nunes Cruz – Representante dos Discentes da Área de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas.

Mariana Alves Melo Santana da Silva – Representante dos Discentes da Área de Ciências Biológicas e da Saúde.

Profª Maria Ione Vasconcelos de Menezes – Representante docente do Núcleo de Ensino à Distância.

Elda Freire Lobo – Representante dos Discentes do Ensino à Distância.

Maria Verônica de Santana – Representante dos Técnico Administrativos Aracaju.

Flávio Augusto Guimarães Rocha – Representante dos Discentes do Campus Estância.

Carolina Pugliese Lima – Representante do Corpo Técnico Administrativo do Campus Estância.

Anne Karine Freire Santos – Representante dos Discentes do Campus Itabaiana.

Elisângela Barreto Peixoto – Representante do Corpo Técnico Administrativo do Campus Itabaiana.

Bruno Lamarque Nobre dos Santos – Representante dos Discentes do Campus Propriá.

Marcela Luiza Leite de Santana – Representante do Corpo Técnico Administrativo do Campus Propriá.

Maria José Guimarães Vieira – Representante da Sociedade Civil Organizada

Representantes Suplentes:

Profª Viviane Andrade de Oliveira Dantas – Representante dos Coordenadores de Curso.

Profª Janilce Santos Domingues Graça – Representante dos Docentes.

Luciana Santos Batista – Representante dos funcionários.