CPA

banner

A Universidade Tiradentes objetiva continuamente a melhoria da qualidade do ensino, da pesquisa e da extensão, e para que essa melhoria seja efetivada sabe que a participação de todos os sujeitos que compõem o cenário educacional é primordial.

Professores, alunos, funcionários e a sociedade são essenciais no processo de análise e reconhecimento dos serviços ofertados pela Unit, sendo assim, ouvi-los promove o autoconhecimento e a tomada de decisão. E esse processo ocorre através da Autoavaliação Institucional, promovida pela Comissão Própria de Avaliação (CPA).

A Comissão Própria de Avaliação é prevista pela Lei Federal nº 10.861, de 14 de abril de 2004. De acordo com o disposto no art. 11, cada instituição deve constituir uma CPA com as funções de coordenar e articular seu processo interno de avaliação e disponibilizar informações que possibilitem melhorias funcionais e educativas. Essas comissões devem ser cadastradas no INEP e devem ser compostas por representantes de todos os segmentos da comunidade universitária e da sociedade civil organizada.

A CPA da Unit tem trabalhado com objetivo de conscientizar cada vez mais a comunidade acadêmica sobre a concepção de Autoavaliação e sua utilização como instrumento de gestão, fortalecendo o processo democrático interno, com legitimidade, transparência e objetividade. De modo que os resultados obtidos nesse processo analítico-reflexivo sejam integrados aos processos decisórios nos diversos âmbitos de gestão da universidade, possibilitando o aperfeiçoamento do desempenho acadêmico e administrativo, subsidiando a gestão institucional.

Fale conosco

E-mail: cpa@unit.br

Links importantes

Retorno de Avaliações

Por meio do sistema Magister, do site da Instituição, quadro de avisos e de reuniões com as áreas acadêmicas e administrativas da IES, os resultados dos processos avaliativos desenvolvidos pela CPA são amplamente divulgados.

Semestralmente, os dados da Avaliação Nominal Docente e da Gestão Acadêmica são atualizados e colocados à disposição de forma detalhada para professores e alunos.

Os resultados das avaliações são também analisados pelos gestores, coordenadores e pela própria CPA, que por meio de reuniões e grupos de debates propõe ações para melhoria da qualidade dos serviços prestados pela Instituição.

A CPA também promove a divulgação das demandas apresentadas pelos diversos segmentos da Instituição e informa quais ações estão sendo desenvolvidas para corrigir eventuais fragilidades e aperfeiçoar as potencialidades já identificadas.

Nessa perspectiva, a Universidade almeja como visão de futuro: “Manter a liderança entre as instituições privadas no Estado de Sergipe, ampliando a participação no mercado através do reconhecimento da qualidade e excelência dos nossos serviços educacionais, seguindo os indicadores de qualidade do MEC”.

Avaliação Institucional 2021

AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL – UNIT, 2021


AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL – 2021

INSTITUIÇÃO – MÉDIAS DE RESPOSTAS POR EIXOS

 

Eixos Médias de Respostas 2021
Desenvolvimento Institucional 3,88
Infraestrutura 3,91
Planejamento e Avaliação 3,92
Políticas Acadêmicas 3,70

 

 

 

 

UNIVERSIDADE TIRADENTES

AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL – 2021

CONTRIBUIÇÕES DAS AÇÕES DE EXTENSÃO PARA O DESENVOLVIMENTO SOCIAL

Segmento Média de satisfação
Discente 3,62
Docente presencial 4,30
Docente EAD 4,45
Coordenador presencial 4,55
Coordenador EAD 4,00

 

UNIVERSIDADE TIRADENTES

AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL – 2021

CONTRIBUIÇÃO DA POLÍTICA DE CAPACITAÇÃO DOCENTE

Segmento Média de satisfação
Docente presencial 4,41
Docente EAD 4,47
Tutor 4,50
Coordenador presencial 4,45
Coordenador EAD 4,40

 

UNIVERSIDADE TIRADENTES

AUTOAVALIAÇÃO INSTITUCIONAL – 2021

ESTRATÉGIAS DE ENSINO-APRENDIZAGEM UTILIZADAS PELA UNIT, DURANTE A PANDEMIA DE COVID-19

Segmento Média de satisfação
Discente presencial 3,74
Discente EAD 3,82
Docente presencial 4,47
Docente EAD 4,63
Tutor 4,45

 

Avaliação Nominal Docente e da Gestão Acadêmica

Todos os questionários os respondentes atribuem um conceito que está distribuído em uma escala que vai de 1 a 5, onde:

  • 5 = Excelente
  • 4 = Muito bom
  • 3 = Bom
  • 2 = Regular
  • 1 = Insuficiente

Conheça os questionários de avaliação

1) Contribuição do plano de ensino e aprendizagem (ementa, objetivos, metodologia de
ensino, critérios
de avaliação, conteúdos e bibliografia (básica e complementar) apresentado e
disponibilizado
pelo professor para os seus estudos foi:
2) Avalie o professor com relação ao cumprimento de horários previstos para início e
término
das aulas? (Pontualidade)
3) Como você avalia a frequência do professor às aulas? (Assiduidade)
4) Avalie o professor em relação ao cumprimento do conteúdo do Plano Integrado de
Trabalho (PIT),
disponível no Magister.
5) Desafio para aprofundar conhecimentos e desenvolver competências críticas e
reflexivas
a partir de metodologias de ensino utilizadas pelo professor.
6) Coerência entre as avaliações de aprendizagem (Provas, Medida de eficiência(ME),
trabalhos práticos, relatórios, etc) e o conteúdo ministrado.
7) Estímulo para estudar e aprender a partir da relação professor-aluno durante o
semestre.
8) Atividades apresentadas pelo professor que articulam a teoria e a prática
profissional.
9) Incentivo do professor para a utilização de livros, artigos, periódicos e demais
itens para ampliação do seu conhecimento.
10) Como você avalia a orientação de trabalhos e desenvolvimento de atividades
práticas
realizadas em sala de aula e/ou aquelas desenvolvidas fora de sala de aula?
1) Como você avalia a comunicação da coordenação do curso com os alunos?
2) A coordenação do curso promoveu ações de mediação em situações eventuais de
conflito ocorridas
na relação professor-aluno.
3) Avalie o atendimento prestado pela coordenação do curso quanto a resolução de
problemas.
4) Domínio do coordenador a respeito das informações sobre a instituição e clareza
no repasse aos
alunos.
5) Atendimento presencial aos discentes mantido pela coordenação de curso.
1) Como você avalia a comunicação da coordenação do curso?
2) Como você avalia a atuação da coordenação do curso em relação ao
acompanhamento das atividades
do Programa de Formação Docente, estágios, pesquisa, extensão, monitoria e demais
politicas institucionais?
3) Como você avalia o engajamento da coordenação para o desenvolvimento do curso.
4) Atribua um conceito a coordenação quanto às divulgações das atividades do
colegiado de curso.
5) Atribua um conceito a Coordenação de Curso quanto a divulgação de atividades do
Núcleo Docente
Estruturante.
6) Qual conceito você atribui a qualidade das reuniões pedagógicas organizadas pala
Coordenação
de Curso?
1) Avalie o professor quanto ao preenchimento do PIT no início de cada semestre letivo?
2) Avalie o professor com relação ao cumprimento de horários previstos para início e
término das
aulas? (Pontualidade)
3) Avalie o professor a frequência do professor às aulas? (Assiduidade)
4) Como você avalia a comunicação do docente com a coordenação do curso.
5) Avalie o docente quanto à participação e envolvimento em eventos do curso (Semana
do curso, Semex,
Sempesq, Jornada Pedagógica, Seminários, Oficinas).
6) Avalie a relação interpessoal do professor com os alunos?
1) Avalie o Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) para sua autonomia e
autoestudo.
2) Facilidade na utilização e/ou navegação no Ambiente Virtual de Aprendizagem
(AVA).
3) Avalie o Plano de Ensino e Aprendizagem (ementa, objetivos, metodologia de
ensino, critérios de avaliação, conteúdos e bibliografias) disponibilizado no AVA.
4) Contribuição dos Conteúdos do livro para aprendizagem.
5) Contribuição das Vídeoaulas para aprendizagem.
6) Importância dos Podcast para esclarecimentos de conteúdo.
7) Facilitação dos Objetos de Aprendizagem para compreensão dos conteúdos.
8) Importância do Fórum de Discussão para interação e sua aprendizagem.
9) Relação entre as Medidas de Eficiências (ME) e os Conteúdos da disciplina.
10) Relação entre a Avaliação Online (AO) e os Conteúdos da disciplina.
11) Clareza nas orientações para a elaboração da Avaliação Online (AO).
12) Relação entre as questões abordadas na Prova Presencial e os Conteúdos da
disciplina.
13) Contribuição do Encontro Presencial para a realização das atividades.
14) Atendimento prestado pelo Professor Tutor Virtual, no Ambiente Virtual de
Aprendizagem (AVA).
15) Atendimento presencial prestado pelo Tutor, na sala de orientação.
16) Divulgação das informações acadêmicas para o desenvolvimento da disciplina,
postadas no Ambiente Virtual de Aprendizagem.
17) Satisfação com o processo de Agendamento de Provas.
18) Praticidade do Chromebook para a resolução das questões da Prova
Presencial.
19) Atendimento prestado pelo Suporte Técnico.
20) Satisfação geral com a disciplina online cursada.
QUESTÕES
1) Avalie a ação de acolhimento para orientações de funcionamento da disciplina híbrida e acesso ao Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA).
2) Facilidade na utilização e/ou navegação no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA).
3) Facilidade na utilização e/ou navegação no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) pelo aplicativo de celular Pulse/D2L.
4) Avalie a coerência entre os Conteúdos Didáticos disponíveis para estudo, no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) e o Plano de Ensino Aprendizagem.
5) Avalie a contribuição para aprendizagem dos Conteúdos Didáticos disponíveis para estudo, no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA).
6) Avalie o professor em relação à articulação de suas aulas com os conteúdos disponíveis no AVA
7) Avalie a clareza das orientações prestadas pelo Professor Tutor Virtual para realização da Medida de Eficiência (ME).
8) Avalie o atendimento prestado pelo Professor Tutor Virtual, no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA).
9) Avalie a interação do professor Tutor Virtual no Fórum de Discussões, no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA).
10) Avalie a divulgação de informações acadêmicas para o desenvolvimento da disciplina, postadas no Ambiente Virtual de Aprendizagem.
11) Avalie a qualidade do atendimento prestado pela equipe de assessoria das disciplinas.
12) Avalie sua satisfação geral com a disciplina híbrida cursada.
QUESTÕES
1) Avalie o Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) para sua autonomia e autoestudo.
2) Avalie a facilidade de utilização e/ou navegação no ambiente para desenvolvimento das etapas do Projeto de Extensão.
3) Avalie a facilidade de utilização e/ou navegação pelo aplicativo de celular Pulse/D2L para desenvolvimento das etapas do Projeto de Extensão.
4) Avalie o Plano de Ensino e Aprendizagem – PEA da Experiência Extensionista disponibilizado para seu aprendizado.
5) Avalie os materiais disponíveis para elaboração e/ou desenvolvimento do Projeto Extensionista.
6) Avalie o professor preceptor em relação às orientações para o planejamento do Projeto de Extensão. 
7) Avalie o professor preceptor em relação às orientações para o desenvolvimento das etapas das atividades extensionista.
8) Avalie a coerência entre as avaliações feita pelo professor preceptor em relação ao desenvolvimento de suas atividades extensionista.
9) Avalie a contribuição da Experiência Extensionista para a comunidade.
10) Avalie a contribuição da Experiência Extensionista para a sua formação profissional, ética e cidadã.

Composição Atual 2022

A Comissão Própria de Avaliação (CPA), é composta por integrantes do corpo docente, discente, técnicos administrativos e representante da Sociedade Civil Organizada. Atualmente é definida através de Portaria n. 32-A/2019, e tem a seguinte composição:

Representantes Titulares:

  • Prof. Auro de Jesus Rodrigues – Presidente.
  • Profª. Elayne Emília Santos Souza – Representante dos Coordenadores de Curso.
  • Prof. Raimundo Giovanni Franca Matos – Representante dos docentes da Área de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas.
  • Profª. Millena Moreira Fontes – Representante dos docentes da Área de Ciências Exatas e Tecnológicas.
  • Profª. Juliana Maria Dantas Mendonça Borges – Representante dos docentes da Área de Ciências Biológicas e da Saúde.
  • Elias dos Santos Oliveira – Representante dos Discentes da Área de Ciências Exatas e Tecnológicas.
  • Isaaky Luis Alves Nascimento – Representante dos Discentes da Área de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas.
  • André Luís do Nascimento Gomes – Representante dos Discentes da Área de Ciências Biológicas e da Saúde.
  • Prof. Daniel Neves Pinto – Representante do Núcleo de Ensino à Distância.
  • Júlia Rayane Santos Andrade – Representante dos Discentes do Ensino à Distância.
  • Leandro Magno Silveira dos Santos – Representante do Corpo Técnico Administrativo do Campus Farolândia (Aracaju).
  • Maria José Guimarães Vieira – Representante da Sociedade Civil Organizada.
  • Kézia de Souza Santos – Representante dos Discentes do Campus Estância.
  • Josefa Rivanda Ramos Santos – Representante do Corpo Técnico Administrativo do Campus Estância.
  • Morgana Estéfany Fagundes Moraes – Representante dos Discentes do Campus Itabaiana.
  • Elisângela Barreto Peixoto – Representante do Corpo Técnico Administrativo do Campus Itabaiana.
  • Thyerrí José Cruz Silva – Representante dos Discentes do Campus Propriá.
  • Jeferson Moraes Lima Silva – Representante do Corpo Técnico Administrativo do Campus Propriá.

Representantes Suplentes:

  • Prof.  Claudio marcos Praxedes Dias – Representante dos Coordenadores de Curso.
  • Prof. Antenor de Oliveira Silva Neto – Representante dos Docentes.
  • Marcia Regina Marques Paiva – Representante do Corpo Técnico Administrativo.