V E S T I B U L A R UNIT
MENU

“A Iniciação Científica de fato, mudou minha vida”, diz doutorando.

Luiz Rafael Andrade fez parte de dois projetos de Iniciação Científica durante a graduação. Hoje faz pesquisa no Programa de Pós-Graduação em Educação da Unit.

às 14h07
Compartilhe:

Ao iniciar a graduação em História pela Universidade Tiradentes (Unit), Luiz Rafael Andrade foi descobrindo aos poucos a Iniciação Científica (IC). A curiosidade e a vontade foram elementos que aguçaram o desejo do futuro historiador rumo ao ingresso nos projetos de IC. 

“No início do curso, não sabia que existia Iniciação Científica. Com as informações dos professores da instituição, fui conhecendo a modalidade e demonstrando interesse. Comecei a vê-la como uma oportunidade a mais de estudar e me aprofundar na área científica”, conta. “Costumo dizer que a Unit, por meio de suas ações de incentivo à pesquisa, fez um projeto social comigo. Um exemplo disso foram os dois projetos de IC dos quais participei como aluno. Foi uma oportunidade que, de fato, mudou minha vida, e não é da boca para fora”, acrescenta.

Luiz Rafael destaca que, durante a Iniciação Científica, conquistou diversos benefícios. “Aprendi a ler e escrever com rigor científico, a falar em público, a me apresentar nos espaços institucionais e a decidir, realmente, que iria investir na carreira científica”, comenta.  “Além disso, o auxílio que a bolsa de IC ofereceu durante esses meses foi fundamental para que um jovem de periferia como eu tivesse dignidade e a possibilidade financeira de se manter na universidade todos os dias da semana”, complementa. 

Carreira científica

Após a graduação, o estudante foi aprovado no mestrado em Educação da Unit, sob orientação do professor doutor Ronaldo Linhares. Mas foi durante o doutorado que surgiu a oportunidade de participar de um edital de fomento à pesquisa científica na Educação Pública, lançado pela Fundação de Apoio à Pesquisa e à Inovação Tecnológica do Estado de Sergipe (Fapitec). 

“Depois que o projeto foi aprovado, tivemos a oportunidade de fechar uma parceria internacional com a Universidade de Aveiro, em Portugal, que tem nos ajudado a diagnosticar/avaliar o nível de letramento multimidiático e informacional de professores da rede estadual de ensino básico do Estado de Sergipe”, salienta.

“É uma pesquisa que se debruça sobre a prática e a realidade educacional do estado, e tende, com o seu término, a contribuir com essa realidade diretamente na sala de aula, com um modelo de formação continuada desses docentes”, frisa. 

O egresso confidencia seus novos planos. “Os próximos passos são tão desafiadores como os já trilhados até aqui. Acredito que a Unit cumpriu seu papel e me preparou bem para o mundo do trabalho. Sinto-me habilitado para lecionar da educação básica à universitária, bem como a investir em um possível estágio de pós-doutorado. O professor Ronaldo Nunes Linhares foi mais que um profissional, foi um ser humano que, junto à Unit, me estendeu a mão e me deu a oportunidade ímpar de me tornar um pesquisador”, finaliza.

 

Leia mais:

Egresso da Unit ganha bolsa de estudos e cursará doutorado no exterior

Enriqueça o seu currículo com a Iniciação Científica

Compartilhe: