V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Bem-estar e saúde mental estão entre os cuidados na pandemia

A Universidade Tiradentes realiza ações de capacitação e enfrentamento aos desafios da pandemia.

às 20h11
Imagem: Freepik
Imagem: Freepik
Compartilhe:

Nos dois últimos anos com a descoberta do coronavírus, muito tem se falado sobre qualidade de vida, saúde e bem-estar. Mesmo com o avanço da vacinação e a flexibilização das medidas restritivas, a pandemia de covid19 mudou os hábitos e comportamentos de todo o mundo. Por isso, a Universidade Tiradentes (Unit) tem atualizado constantemente os protocolos de biossegurança e ações voltadas para a saúde mental, para dar tranquilidade aos alunos e colaboradores.

As práticas de prevenção contra a covid19 e a melhoria da qualidade de vida, principalmente para enfrentar os desafios impostos pela pandemia serão uma constante em 2022. Por isso, a Unit realizou uma capacitação para seus colaboradores que impactará diretamente nas atividades da instituição e vida acadêmica dos alunos, a Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho (Sipat).

Segundo o pró-reitor administrativo e financeiro da Unit, Felipe Lima, parafraseando o contabilista Antônio Lopes de Sá, o ambiente de trabalho é como uma ‘célula social’, de onde transborda conhecimento para outros espaços. “Essa teoria está viva e fica ainda mais explícita neste momento de pandemia que ainda estamos vivendo. Por isso, sempre temos que ratificar os cuidados necessários com nossos colaboradores e alunos”, disse.

Não somente as medidas de prevenção, mas a busca da qualidade de vida e bem-estar também permeia as atitudes de cada ser humano. Para a psicóloga Maria Maciel, a pandemia foi um momento propício para mudanças. “Quando falamos de mudança, de motivação para a mudança, queremos provocar um questionamento de como nós, enquanto colaboradores, pais, mães… podemos adquirir, ressignificar e termos motivo para agir”, revelou.

Esse comportamento de adaptação diz respeito à Inteligência Emocional. De acordo com a psicóloga Caroline Lopes, a brusca mudança ocasionada pela pandemia fez com que cada indivíduo desenvolvesse compulsoriamente características, comportamentos e competências novas. “Se não tivermos a Inteligência Emocional não conseguimos passar por toda essa problemática de forma saudável”, concluiu.

 

Leia também: Clínica de Psicologia faz balanço de 2021 e traz novidades para este ano

Conheça nosso curso de Psicologia

Compartilhe: