V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Biotecnologia Industrial: inscrições abertas para mestrado e doutorado

Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia Industrial dispõe de bolsas para pesquisadores e está com inscrições abertas até 4 de julho.

às 19h09
Erika Santos Lisboa (mestranda): projeto de Solução de fibroína extraído dos casulos do bicho-da-seda (Bombyx mori) para formulação de hidrogel
Erika Santos Lisboa (mestranda): projeto de Solução de fibroína extraído dos casulos do bicho-da-seda (Bombyx mori) para formulação de hidrogel
Venâncio Amaral (pós-doutoramento): projeto de Membrana polimérica contendo nanopartículas de prata para aplicação contra leishmaniose.
Ana Nadja (mestranda): projeto de bio-óleo como fonte de compostos de nitrogenados para a indústria química
Sérgio Leite (doutorando): projeto de oObtenção de Extratos Ricos em Lupeol e Derivados, a Partir do Fruto da Mangabeira (Hancornia speciosa, Gomes) e Desenvolvimento de Formulação Farmacêutica Tópica Com Ação Anti-inflamatória
Matheus Goulart (mestrando): projeto de encapsulamento de fungos por Spray dry
Compartilhe:

O mercado de trabalho para profissionais com formação em Biotecnologia está aquecido e continua crescendo. Seguindo essa tendência, a Universidade Tiradentes oferece a oportunidade de qualificação na área de Bioprocessos e Bioprodutos,  por meio do Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia Industrial (PBI). As inscrições para o segundo semestre de 2022 já estão abertas com oferta de bolsas de estudos. Os interessados podem se inscrever até o dia 4 de julho.

De acordo com dados da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), existem no Brasil 67 programas de pós-graduação em Biotecnologia no Brasil. Nos últimos 11 anos o aumento de programas nesta área foi de 319%, refletindo a grande relevância e demanda da formação de recursos humanos em Biotecnologia, que é estratégica para o País. Destes programas, somente 11 possuem conceito 5, entre eles o Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia Industrial da Universidade Tiradentes, o único com conceito 5 no segmento industrial.

O PBI possui duas linhas de pesquisa: prospecção e conversão de produtos vegetais e animais da região nordeste, e microbiologia aplicada para o desenvolvimento da região nordeste. Algumas das principais pesquisas tratam do desenvolvimento de fármacos e de sistemas de liberação controlada; de membranas bioabsorvíveis utilizadas com curativos; técnicas de extração e caracterização de produtos naturais; e estudo, formulação e caracterização de bioinseticidas.

“A pós-graduação em Biotecnologia Industrial da Unit qualifica o profissional para atuar em projeto de pesquisa nas áreas de prospecção e conservação de vegetais e animais ou em assessoria técnica e ensino, no âmbito acadêmico ou empresarial. A instituição conta com excelente estrutura laboratorial para o desenvolvimento das atividades de pesquisa, composta por laboratórios consolidados com equipamentos atualizados e de boa qualidade”, diz o coordenador do PBI/Unit, professor Dr. Marcelo Mendonça.

Os projetos são desenvolvidos em 11 laboratórios instalados no Instituto de Tecnologia e Pesquisa (ITP), localizado no campus Unit Farolândia, que conta com uma plataforma de equipamentos atualizados e de boa qualidade para atender as demandas e a geração de resultados dos projetos. Além disso, muitos projetos de pesquisa são desenvolvidos em parcerias com instituições nacionais e internacionais.

Corpo Docente

“A equipe de professores do programa possui, além de formação altamente qualificada, a diversidade de atuação em diferentes áreas de pesquisa. A experiência internacional dos professores e o destaque no cenário nacional, através da atuação profissional e de projetos de pesquisa apoiados por empresas públicas e privadas, permitem a transferência de conhecimento qualificado para os pós-graduandos e a oportunidade de intercâmbio em outras instituições”, destaca.

Bolsas

Para quem tem interesse em se dedicar à Pesquisa, o programa disponibiliza bolsas de estudos das principais agências de fomento nacionais Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes); e local Fundação de Apoio à Pesquisa e à Inovação Tecnológica do Estado de Sergipe (Fapitec/SE), além de fundações, empresas e/ou de instituições privadas. 

Egressos

Os profissionais formados no programa atuam em diferentes áreas em todo o Brasil e em outros países. “Aproximadamente, 70% dos doutores formados pelo PBI estão vinculados ao mercado de trabalho, atuando nas áreas de ensino, pesquisa e empreendedorismo. Outra parte, encontra-se aperfeiçoando sua qualificação em estágios de pós-doutoramento em variadas instituições. Há exemplos de egressos do PBI em instituições de CT&I [Ciência, Tecnologia e Inovação] no País e no exterior, a exemplo da Colômbia e República Checa”, ressalta o professor Dr.

“Fazer mestrado e doutorado é diferenciar-se no concorrido mercado de trabalho, é levar qualidade ao desempenho das atividades profissionais e buscar sua valorização e reconhecimento”, acrescenta.

Biotecnologia Industrial

A biotecnologia é uma ciência multidisciplinar com conteúdo constituído pelo conhecimento de outras ciências. “O seu aspecto é abrangente e possui aplicações em diversos ramos, que vão desde a produção agrícola até a tecnologia da informação, passando pelas áreas de saúde, industriais, meio ambiente e tantas outros”, esclarece.

Ao longo dos anos, a biotecnologia tem feito parte do desenvolvimento humano, desde o processo de fermentação do pão e do vinho até a produção de medicamentos, vacinas e cosméticos. “A população muitas vezes não identifica a importância dos resultados e a aplicação dos estudos na área da biotecnologia, como o melhoramento das plantas para produção de alimentos, nas técnicas moleculares para o diagnóstico e o tratamento de doenças, bem como nas alternativas de desenvolvimento de novos combustíveis, em todas estas áreas encontramos a aplicação da biotecnologia. Recentemente, com a pandemia da Covid-19, foi na biotecnologia que a ciência alcançou os resultados para o desenvolvimento das vacinas”, afirma.

Dentre as diferentes áreas de formação e atuação, a biotecnologia tem se destacado pelo potencial de desenvolvimento tecnológico e inovação, sendo uma das áreas estratégicas para o País. “A rica diversidade e as fontes naturais são celeiros de compostos e princípios ativos que, transformados pela biotecnologia, geram novos produtos e processos inovadores. Esses quando aplicados nas áreas da saúde, agropecuária e engenharias, dentre outras, refletem na geração de conhecimento e impulsionam a economia de forma sustentável e com responsabilidade social”, reforça o coordenador do programa.

Inscrições

As inscrições devem ser realizadas exclusivamente pelo site, onde o edital também está disponível com informações detalhadas e requisitos para se inscrever.

 

Leia também: Mestrado ou doutorado: qual a diferença entre os cursos?

PEP está com inscrições abertas com possibilidade de bolsas

Compartilhe: