V E S T I B U L A R UNIT
MENU

CITENG discute temas e novidades da área da Engenharia

Voltado para a abrangência da área, Congresso de Inovação e Tecnologia em Engenharia (CITENG) terá atividades até a quinta-feira

às 17h24
Compartilhe:

Em sua quinta edição, dessa vez de forma remota, o Congresso de Inovação e Tecnologia em Engenharia (CITENG) teve início na última segunda-feira, 8, e finaliza nesta quinta-feira, 11, na Universidade Tiradentes. Com palestras e minicursos voltados para que os alunos possam conhecer mais sobre as novidades e atuação prática em diversas áreas da engenharia, o evento de abertura contemplou temas de interesse dos estudantes. 

O CITENG é organizado pelas coordenações dos cursos de Engenharia de Produção, Petróleo, Ambiental, Química, Civil, Mecatrônica, Elétrica e Mecânica da Unit. E na Live de abertura, os alunos puderam acompanhar três palestras com temas variados como ‘Machine Learning – conceitos e aplicações nas engenharias’ com o professor Dr. Flávio Vasconcelos da Silva da Unicamp, ‘Planejamento e Gerenciamento de Obras’ com o professor Dr. Helisson Wesley Freitas de Souza  que também atua como Gestor de obras na Petrobras e ‘Oportunidades durante a graduação’ ministrada pelo professor Dr. Álvaro Silva, Coordenador de Pós-Graduação Stricto Sensu da Unit. 

Entendendo um pouco mais sobre o conceito de machine learning, o aprendizado está relacionado com máquinas capazes de aprender por conta própria e permite previsões baseadas em grandes quantidades de dados (Big Data). Tudo isso através de um ramo da Inteligência Artificial fundamentado sobre o reconhecimento de padrões, capaz de extrair conhecimento independentemente da experiência.

A coordenadora da área de Engenharia, Elayne Santos Sousa, explica que as atividades do CITENG são feitas no período vespertino e que o objetivo maior é fazer um evento totalmente voltado para as Engenharias.  “O foco é fazer com que nosso discente tenha contato com palestrantes, temas, ideias e tecnologias que venham a somar os conhecimentos e aguçar a curiosidade”.

Leia Mais: As várias razões para cursar Engenharia Civil

 

Compartilhe: