V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Criação do Projeto de Incentivo ao Magistério é discutido

Em Comitê Executivo, representantes de entidades de classe iniciam discussões para desenvolver ações de incentivo do Magistério

às 18h47
Representantes de entidades de classe participam das discussões
Representantes de entidades de classe participam das discussões
Fotos: Asscom FENEN/SE
Compartilhe:

O incentivo ao Magistério segue em discussão entre entidades educacionais de Sergipe. Dessa vez, o encontro realizado ontem, 01, teve o intuito de definir os membros que farão parte do Comitê Executivo criado no último dia 24, a partir de sugestão do vice-reitor da Universidade Tiradentes (Unit), professor Jouberto Uchôa Júnior. O objetivo é discutir alternativas de valorização e incentivo ao Magistério.

Afinal, o assunto tem preocupado as entidades de classe, que criaram o Comitê para discutir, de forma ampla, ações que resgatem a valorização dessa profissão tão importante, a do professor.

Na ocasião, representantes da Unit, do Conselho Estadual de Educação (CEE/SE), da Federação dos Estabelecimentos de Ensino Particular do Estado de Sergipe (FENEN/SE), do Fórum Estadual de Educação, da Faculdade Pio Décimo, da Secretaria Estadual de Educação (SEDUC), e do Sindicato dos Professores e Trabalhadores da Rede Particular de Ensino, organizaram o calendário dos trabalhos de coleta de dados que culminará no Projeto de Incentivo ao Magistério. 

A pró-reitora de Graduação da Unit, professora Arleide Barreto, foi uma das representantes da Unit que também participaram deste segundo momento. “Estamos honrados em termos a oportunidade de contribuir nas discussões e tratativas deste Comitê Executivo tão fundamental para o Magistério”, pontua.

O movimento surgiu durante encontro realizado pela FENEN/SE, idealizado pelo diretor técnico, professor João Bosco Argolo, no último dia 24.  Para ele que ainda é membro do CEE/SE e da Confederação Nacional dos Estabelecimentos de Ensino (CONFENEN), o momento é de análise detalhada sobre o cenário para avanço das atividades.

“Estamos iniciando a organização desse Comitê, para através de um diagnóstico, elaborar um planejamento que levará a criação do Projeto de Incentivo ao Magistério. Nosso objetivo é desconstruir o que socialmente está construído, de forma negativa, com relação a profissão de professor. Hoje os jovens não buscam as licenciaturas devido a isso. Vamos mostrar à sociedade que o magistério é fundamental na vida de qualquer cidadão. Todas as outras profissões dependem do magistério. As instituições que puderem contribuir com informações para fundamentar o Projeto, serão muito bem-vindas ao grupo”, explica.

 

Com informações da Asscom FENEN/SE

Leia mais:

Falta de estímulo ao magistério é discutida entre entidades de classe

Compartilhe: