V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Egressa em enfermagem é aprovada em residência no Sírio Libanês

A egressa Fernanda Gomes Simões foi aprovada na residência em enfermagem clínico-cirúrgica, no Hospital Sírio Libanês.

às 13h20
A egressa em enfermagem na Unit, Fernanda Gomes Simões.
A egressa em enfermagem na Unit, Fernanda Gomes Simões.
Compartilhe:

Os altos índices de aprovação de enfermeiros recém-formados pela Universidade Tiradentes (Unit) em programas de residências, mestrado e doutorado demonstram a qualidade do curso. Entre eles, está Fernanda Gomes Simões, aprovada para residência em Enfermagem Clínico-Cirúrgica, no Hospital Sírio Libanês.

“Nós estamos muito orgulhosos porque entendemos que os estudantes estão sendo bem formados ao ponto de ocuparem vagas em todo o país em hospitais de referência. Também é o perfil dos alunos da Unit: que ao terminarem uma graduação, almejam uma especialização ou uma residência, e seguem para um mestrado ou para um doutorado”, diz a coordenadora de área dos cursos de enfermagem, odontologia e fisioterapia, Msc. Maria da Pureza Ramos de Santa Rosa.

A residência em enfermagem é uma especialização que completa a formação em uma área específica, a exemplo da área clínico-cirúrgica escolhida pela egressa Fernanda. Ela faz parte dos cursos de pós-graduação lato sensu que o enfermeiro pode fazer, além do mestrado e doutorado como pós-graduação stricto sensu.

“Precisamos trabalhar e valorizar as duas modalidades. A pós-graduação lato sensu ajuda a desenvolver habilidades profissionais práticas, assistenciais e  gerenciais. E os mestrados e doutorados vão desenvolver mais a parte da pesquisa. Com isso, o enfermeiro consegue uma titulação maior, um conhecimento de análise bem maior, sem dúvida nenhuma. Com tudo, além dessa experiência com a pesquisa é necessário também que se caminhe junto com as habilidades profissionais”, enfatiza a coordenadora.

O curso

A graduação no curso de Enfermagem da Unit proporciona o desenvolvimento de competências e habilidades para seus alunos, formando profissionais que apresentam diferencial técnico científico, que atendem ao mercado de trabalho, assegurando a prática de Enfermagem assistencial e gerencial, com compromisso, responsabilidade, ética e cuidado humanizado.

Desde 2006, quando a universidade formou a primeira turma, até 2021, quase 3 mil estudantes foram formados pela instituição.

 

Leia também: Urgência e Emergência: um campo de trabalho importante para enfermeiros

Compartilhe: