V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Mestrados e doutorados promovem I Seminário de Integração e Acolhimento

Com a retomada pós-pandemia, a ideia do seminário é proporcionar o conhecimento sobre o papel e os desafios da pós-graduação.

às 11h25
Compartilhe:

Nesta quarta, 17, quinta, 18 e sexta-feira, 19, a Universidade Tiradentes promove o I Seminário de Integração e Acolhimento dos cursos de Mestrado e Doutorado, com o tema ‘o papel e os desafios da pós-graduação stricto sensu’. O objetivo é integrar e acolher os mestrandos e doutorandos, e aprofundar a discussão e a compreensão do papel da pós-graduação no processo de integração entre ensino, pesquisa e extensão no contexto institucional, nacional e internacional.

“Como estamos vindo de uma pandemia, de momentos difíceis que vivemos durante os últimos dois anos, entendemos que esse era o momento de fazer um acolhimento, de trazer esses alunos para a pós-graduação, mas pensando de uma forma mais sensível. É o momento de poder integrar e pensar junto a pós-graduação da Unit, os cinco programas trabalhando juntos para fazer e pensar atividades que os alunos possam entender como funciona a pós-graduação e os desafios no Brasil e em Sergipe”, explica o coordenador do programa de pós-graduação em Educação, Dr. Cristiano Ferronato, idealizador do seminário.

Segundo o coordenador dos programas de pós-graduação stricto sensu, Dr. Álvaro Silva Lima, antes de tudo é preciso entender a hibridização do ensino, buscar novos caminhos e promover intervenções que chamem a atenção para a importância da pós-graduação na sociedade. Estamos passando por momentos que precisam de reflexão, de uma visita ao que nós temos e ter em pensamento quais são esses desafios, e propor sugestões, opiniões e soluções para que esses desafios sejam resolvidos ou sejam pensados da melhor forma possível”, diz. 

Nós temos hoje uma necessidade grande de financiamento para que os alunos desenvolvam os seus trabalhos de mestrado e doutorado. É preciso ter uma política clara de bolsas, que vem aumentando e melhorando, oferecidas pelos órgãos de fomento. É preciso cuidar do acesso dos alunos. O número de alunos desde o ensino fundamental até a pós-graduação está cada vez mais diminuindo. Nós ainda somos menos de 1% da população que tem mestrado e doutorado”, enfatiza.

Pós-graduação

De acordo com o pró-reitor de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão, Dr. Diego Menezes, é na universidade que se gera conhecimento. “Somos uma das poucas instituições privadas do País que possui um sistema de pós-graduação de excelência. Nós não temos muitos programas, mas temos poucos com altíssima qualidade e esse sempre foi o DNA dos nossos fundadores, o professor Jouberto Uchôa e a professora Amélia Cerqueira Uchôa”, afirma.

“Mas, a essência dessa casa não está na estrutura que sempre buscamos ofertar, entendemos que isso faz parte de um resultado de qualidade, mas nada disso teria sentido se não tivéssemos nosso capital intelectual humano”, complementa.

A programação está disponível na página dos programas de mestrado e doutorado.

 

Leia também: Mestrado ou doutorado: qual a diferença entre os cursos?

Compartilhe: