V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Novembro Azul: a importância do diagnóstico precoce de câncer

O movimento quer conscientizar, ainda mais, a população masculina sobre a necessidade de cuidar do seu corpo e também da mente.

às 12h15
Imagem: Freepik
Imagem: Freepik
Compartilhe:

Dados mais recentes da Organização Mundial da Saúde (OMS) apontam para aumento da incidência de câncer em 32 países da América Latina e do Caribe. Por ano, o número chega a 1,5 milhão de novos casos e 700 mil mortes. A amostragem também mostra que o câncer de próstata é o tipo de tumor que mais ocorre, representando 15% dos registros.

Em 2011, o Instituto Lado a Lado pela Vida iniciou a campanha ‘Novembro Azul’ com o objetivo de alertar para a importância do diagnóstico precoce do câncer de próstata. Mesmo na ausência de sintomas, homens a partir dos 45 anos com fatores de risco, ou 50 anos sem estes fatores, devem ir ao urologista para acompanhamento.

Cerca de 20% dos pacientes com câncer de próstata são diagnosticados somente pela alteração no toque retal. Outros exames poderão ser solicitados se houver suspeita de câncer de próstata, como as biópsias, que retiram fragmentos da próstata para análise, guiadas pelo ultrassom transretal.

Novembro Azul

O movimento quer conscientizar, ainda mais, a população masculina sobre a necessidade de cuidar do seu corpo e também da mente. Praticar exercícios, ter uma alimentação equilibrada, parar de fumar, praticar sexo seguro, cuidar da saúde mental e, também, fazer o exame da próstata, periodicamente.

Entre os cuidados básicos que todo homem precisa ter com a saúde, há testes e exames que precisam ser realizados com frequência:

– Verificação da pressão arterial;

– Hemograma completo;

– Dosagem da glicemia;

– Dosagem do colesterol;

– Testes de urina;

– Atualização da carteira vacinal;

– Verificação do perímetro abdominal e do Índice de Massa Corpórea (IMC).

 

Fontes: VivaBem Uol, Agência Brasil e Sociedade Brasileira de Urologia

 

Leia também: Novembro Azul desperta mais atenção para a saúde do homem

Compartilhe: