V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Professora da Unit será docente convidada na Universidade de Salamanca

A docente do PPED/Unit, Drª. Andrea Karla Nunes, recebeu o convite para ser professora visitante na Faculdade de Educação da USAL.

às 18h15
A docente do PPED/Unit, drª Andrea Karla Nunes.
A docente do PPED/Unit, drª Andrea Karla Nunes.
Compartilhe:

A docente do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Tiradentes (PPED/Unit), Drª. Andrea Karla Nunes, recebeu o convite para ser professora visitante na Faculdade de Educação da Universidade de Salamanca – Espanha (USAL). Com isso, cria-se oportunidades de intercâmbio científico para estudantes de doutorado do programa.

Tudo começou com o estágio pós-doutoral que a professora realizou na USAL. “Tive a oportunidade de representar a Universidade Tiradentes e conhecer o sistema de avaliação, currículo e acreditação no modelo espanhol. Também foi o momento de estabelecer relacionamentos com docentes da Faculdade de Educação da USAL”, diz Andrea.

A Unit também contou com a contribuição de professores da universidade espanhola, como no 10º Encontro Internacional de Formação de Professores (Simeduc) e 12º Fórum Permanente Internacional de Inovação Educacional (FOPIE) “Em um movimento de colaboração foram mantidas propostas de trabalho. Teve-se o acordo de voltar à Salamanca para desenvolver um intercâmbio com duas professoras. A ideia é estabelecer redes de intercâmbio científico e novas colaborações entre Espanha e Brasil”, conta.

Para ela, ser professora convidada na USAL é uma conquista. “Compartilhar conhecimento e viver uma experiência fora do Brasil é gratificante. E a Universidade Tiradentes tem incentivado e permitido que os profissionais possam atuar de forma qualificada. Afinal, a minha ida no estágio pós-doutoral a Salamanca só foi possível com o incentivo da Unit que concedeu liberação e contribuiu para a minha formação continuada”,

“Também, é um momento de reconhecimento dos profissionais dos Programas de Pós-graduação que vão se materializando nas produções científicas e reconhecimento na área da pesquisa”, complementa a professora doutora.

De acordo com Andrea Karla, a experiência entre as instituições é agregadora para o PPED/Unit, reforçando o fator da internacionalização proposto na avaliação da quadrienal da CAPES, além de impactar diretamente mestrandos e doutorandos.

“Dois estudantes do programa poderão realizar estância de cinco meses em Salamanca. E o melhor, com temáticas que estão diretamente ligadas às linhas de pesquisa do PPED, que tratam de Políticas Educativas de Avaliação e Competências Digitais. Sabemos o quanto é importante vivenciar uma outra cultura e poder aprofundar temas a partir de outras leituras, para além do Brasil”, conclui.

 

Leia também: PPED consolida-se como um dos melhores do Norte-Nordeste

Compartilhe: