V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Projeto Mentoria estimula calouros a interagir melhor com o ambiente acadêmico

O projeto Mentoria tende a crescer uma vez que vem superando as expectativas dos seus executores

às 20h13
Integração de calouros com os mentores da Unit
Integração de calouros com os mentores da Unit
Coordenadora do projeto, professora Janilce Domingues, comemora entre equipe
Durante a manhã do sábado, mentores participaram de momento de integração
Diversas atividades recreativas atraíram a atenção dos novos mentores
A mentora Iasmin Katarine , as professoras Ingrid e Elayne e o egresso César de Almeida
Compartilhe:

O Projeto Mentoria apresenta como característica principal o crescimento contínuo motivado pelo interesse dos alunos veteranos em receber bem os calouros que ingressam na universidade

Problemas pessoais relacionados à adaptação do jovem universitário ao ensino superior são os mais comuns enfrentados por muitos dos que ingressam na universidade. Por isso mesmo, a melhor forma de se inteirar completamente dos mecanismos administrativos e dos amplos espaços existentes na instituição é contando com o apoio dos mentores. São alunos de períodos mais avançados que se candidatam ao papel de voluntário no Projeto Mentoria devidamente preparados para desempenhar atividades aparentemente simples, porém, que muitas vezes fazem a diferença na busca pela solução de processos cotidianos.

Para marcar o início de mais uma edição desse projeto que agrega mais interessados a cada edição, uma vasta programação recreativa foi elaborada para a manhã desse sábado, 23, no minishopping do Campus Unit Farolândia, oportunidade em que seus organizadores puderam promover a integração dos calouros com os mentores. São alunos dos cursos de Enfermagem, Direito, Arquitetura, Odontologia, Nutrição e Engenharia, que, motivados pela chance de proporcionar aos calouros a melhor receptividade no universo acadêmico e administrativo da Unit, optaram pelo voluntariado.

Para a coordenadora do Projeto Mentoria da Unit, professora Janilce Domingues, o envolvimento dos alunos foi o combustível principal para o sucesso deste evento. “Quero agradecer a todos envolvidos na realização do Encontro de Integração do Projeto Mentoria. Cada convite, cada sorriso e cada palavra foram muito importantes para o sucesso do nosso evento. Obrigada, em especial aos queridos mentores, professores orientadores, a cada calouro e à Pró-reitoria de Graduação pela confiança”, afirma.

Os resultados do projeto são tão satisfatórios que até o egresso de Engenharia de Petróleo César de Almeida Rodrigues resolveu retornar à Unit para participar da manhã integrativa. “Vi nascer o Projeto Mentoria, participei desde a primeira turma e voltei hoje para manifestar meu apreço por essa brilhante iniciativa da Pró-Reitora de Graduação da Unit e para dizer que particularmente senti um amadurecimento muito grande em ter vivido essa experiência. O mentor transforma o calouro em protagonista da sua vida”, justifica César.

Segundo ele, o espírito da mentoria foi o que o motivou a regressar à instituição. “Vim com o desejo de passar um pouco da minha experiência para esses novos mentores e também para os calouros”, complementa.

“O mentor cumpre o papel do irmão mais velho ao recepcionar o seu novo colega”, opina a professora mentora pelo curso de Odontologia Ingrid Shweter Ganda. A docente reafirma que o momento de integração promovido na manhã desse sábado visa integrar os novos mentores.

“O apoio ao projeto liderado pela professora Janilce Santos desde a sua concepção e pela Pró-Reitora de Graduação, professora Arleide Barreto, contribui para o seu fortalecimento a cada edição”,  pondera a Pró-Reitora Adjunta de Graduação Presencial, professora Elayne Emília. Ela se sente orgulhosa em constatar o entrosamento entre os mentores calouros e veteranos e lembra que o entrosamento facilita a viabilidade dos alunos novatos dentro da universidade. 

Em reconhecimento ao que o Projeto Mentoria representou para si enquanto caloura, a acadêmica do 4º período de Odontologia Iasmin Katarine Alves Santos decidiu que já é hora de passar sua experiência para os novos acadêmicos. “Logo que entrei na universidade, o projeto me ajudou em tudo. Desde de como pegar um ônibus para chegar até aqui, até conhecer e me ambientar a esse mundo de espaços existentes dentro do campus”, diz a acadêmica convicta de que agora é a sua vez de ajudar a quem ingressa na instituição.

*Matéria atualizada em 27/02/2019, às 16h23, para acréscimo de informações.

Compartilhe: