V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Área de Tecnologia da Informação está em alta no mercado

A Universidade Tiradentes que oferece o curso nas modalidades presencial e a distância prepara o aluno para o mercado de trabalho

às 15h55
Foto: Freepik
Foto: Freepik
Compartilhe:

De acordo com um levantamento feito pela Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom), a demanda por profissionais em Tecnologia em Segurança da Informação tem aumentado a cada ano, exigindo a formação e disponibilidade de mais 797 mil profissionais entre 2022 até o ano de 2025.

A corrida em busca de profissionais, que já era grande até 2019, foi potencializada na pandemia da Covid-19, uma vez que todos os tipos de negócios tiveram que acelerar a digitalização para atender a demanda de consumidores que utilizam cada vez mais os canais digitais de compra. 

Graduação em Tecnologia em Segurança da Informação na modalidade EAD

Entretanto, para conseguir boas oportunidades de atuação, é importante que tecnólogos busquem atualização recorrente, uma vez que a evolução dos conhecimentos na área é constante. A Universidade Tiradentes (Unit) oferece o curso de Tecnologia em Segurança da Informação nas modalidades de Educação a Distância (EAD) e presencial distribuído ao longo de cinco períodos. 

A graduação EAD é um tecnólogo, ou seja, mais voltada para a prática profissional e com uma duração menor que um bacharelado ou licenciatura. Isso facilita a absorção pelo mercado, que busca profissionais cada vez mais especializados. Funcionando 100% online, o curso tem toda a carga horária ministrada através do Google Classroom e do Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA). 

Como uma formação completa e focada em promover a empregabilidade, o curso superior de Tecnologia em Segurança da Informação tem o objetivo de inserir no mercado profissionais verdadeiramente qualificados. Para isso, todo o projeto pedagógico foca em um profundo desenvolvimento dos futuros analistas e especialistas em cibersegurança.  

Mercado de trabalho e carreira 

O mercado de trabalho apresenta grandes oportunidades. Os empregadores, que exigem qualificação e conhecimentos atualizados, oferecem em troca cargos e remunerações que fogem à tendência da estagnação dos outros setores. Em desenvolvimento, o mercado responde à demanda das empresas preocupadas com a segurança em tempos de transformação digital. 

De acordo com um estudo realizado pela International Data Corporation (IDC), os investimentos em cibersegurança ultrapassaram os US$ 125 milhões em 2020, números que demonstram como o setor está em alta. Nesse contexto, o tecnólogo em Segurança da Informação pode atuar desde o desenvolvimento de softwares até integrar equipes de inteligência de Estado. Com os conhecimentos adquiridos durante a graduação, o profissional pode decidir ainda seguir para o setor de segurança corporativa, criando e monitorando o plano de cibersegurança da empresa.

Leia também: Conheça as vantagens em realizar uma pós-graduação EAD

Compartilhe: