V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Técnicas indispensáveis para o aluno EAD não esquecer o que estudou

Ficar longe de distrações e manter uma rotina de estudos são algumas das técnicas abordadas pelo Gerente de Qualidade da Pró-reitoria de Graduação da Unit-Se

às 13h29
Gerente de qualidade da pró-reitoria de graduação da Unit-Se, Antônio Minoru
Gerente de qualidade da pró-reitoria de graduação da Unit-Se, Antônio Minoru
Compartilhe:

Esquecer o que estudou é algo muito comum entre os alunos, principalmente quando eles não possuem muito interesse no assunto, sejam alunos do ensino presencial ou da modalidade de Educação a Distância (EAD), que, mesmo podendo assistir as aulas a qualquer momento do dia, podem ter reduzida a capacidade de armazenar e recordar informações por conta das atividades diárias da rotina. Quando se trata de estudar pouco antes da prova se torna ainda mais difícil. Portanto, esquecer o que estudou não é uma opção.

Para memorizar, é preciso implementar algumas estratégias e uma delas é a concentração, de acordo com o gerente de qualidade da Pró-reitoria de Graduação da Universidade Tiradentes (Unit), Antônio Minoru. “A única e verdadeira maneira de manter a concentração nos estudos é o propósito! Para nos concentrar, devemos ter foco no resultado que buscamos. Mas, cuidado para que a frustração não te assole. É normal o vento mudar de direção. Basta ajustar as velas para onde deseja chegar!”, recomenda. 

Mesmo com a flexibilidade do EAD, o gerente aponta que ter uma rotina de estudos todos os dias no mesmo horário é fundamental. “Acredito que a rotina de estudos é um excelente exercício de propósito. Além disso, veja quantos benefícios, além do ato de estudar (conhecimento), você está trazendo para si! Alimentando-se bem, resolvendo conflitos de relacionamento, afastando-se de distratores da nossa atenção, exercitando uma habilidade milenar (escrever), inibindo a timidez e, o principal disso tudo: conhecendo a si mesmo”, pontua Antônio.

Embora ter uma rotina de estudos e manter a concentração sejam maneiras eficazes de memorizar o conteúdo, Antônio também aborda outras técnicas indispensáveis para que o aluno não esqueça o que foi aprendido, confira:

  1. Foco na sua saúde física e mental. Não adianta ir estudar com fome ou mal alimentado, nem com a mente cheia de conflitos para resolver, pois tudo isso poderá afetar o raciocínio e, consequentemente, a memória. Alimentar-se bem e estar bem com todos(as) ao seu redor é fundamental;
  2. Desligue a distração. Afaste-se de distrações como celulares e outros aparelhos eletrônicos. Procure um lugar que seja acolhedor para este momento de concentração;
  3. Desligou as distrações? Conecte o que está sendo estudado com fatos cotidianos ou com a história. É muito importante não separar o que está se estudando com o que está à nossa volta;
  4. Nunca para de escrever! Especialistas afirmam, cientificamente, que o ato de escrever o que está sendo estudado (lido ou explicado/debatido) é um bom exercício de memorização;
  5. Recordar é viver. Sempre que ler algo ou escrever, faça um monólogo, ou seja, fale consigo mesmo ou como se estivesse explicando para alguém. Se quiser, explique para alguém próximo, mas sem ficar lendo o material.

Leia também: Gastronomia EAD: saiba tudo sobre a graduação e mercado de trabalho

Compartilhe: