V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Unit promove manhã recreativa

Atividades simultâneas de extensão movimentam a manhã do sábado para dezenas de acadêmicos da Unit através do Projeto Farolândia

às 22h13
Crianças aprendem com atividades artísticas
Crianças aprendem com atividades artísticas
Adultos interagem com a programação desenvolvida no Projeto Esperança
No Projeto Esperança, atividades desportivas
Escovódromo estimula crianças
Atividade laboral no mercado Augusto Franco
Compartilhe:

A ONG Projeto Esperança, localizada no bairro Farolândia, é uma das entidades beneficiárias das ações extensionistas que a Universidade Tiradentes desenvolve durante todo este período letivo, no intuito de oferecer à população serviços básicos de saúde e cidadania.

Na manhã do último sábado, 7, professores e alunos dos cursos de Educação Física, Odontologia, Gastronomia, Pedagogia, Serviço Social  e Direito, da Universidade Tiradentes, desenvolveram atividades de extensão na entidade intitulada Projeto Esperança, localizada no bairro Farolândia. Ação semelhante foi desenvolvida na mesma manhã por professores e alunos dos cursos de Farmácia e Odontologia, no mercado do Conjunto Augusto Franco.

Sob a direção de Ana Luiza Ferreira, a entidade foi criada em 2008 e funcionou como abrigo até 2012. Desde então, passou a atuar na prevenção de risco a crianças na faixa etária de cinco a 17,5 anos. “Esse trabalho desenvolvido pela Unit é fundamental para nós. Como somos uma instituição filantrópica, não temos condições e essa parceria representa a somação de esforços fortalecendo, assim, o trabalho que vimos desenvolvendo”, reconhece Ana.

Segundo o professor Geraldo Calasans, coordenador de Extensão da Unit, o papel fundamental da extensão é oferecer à comunidade condições para o encaminhamento dos seus principais problemas. “Dentro do Fórum de Desenvolvimento Regional traçamos uma diretriz para que sejam desenvolvidas ações contínuas, dando preferência às comunidades que habitam o entorno da Universidade”, informa o Geraldo, salientando que o primeiro momento das ações simultâneas desenvolvidas na manhã do sábado teve como objetivo a aproximação entre a academia e a comunidade.

A professora Cristiane Santana de Souza Lima enfatiza que foi instalado dentro do Fórum, a partir deste período, o Projeto Farolândia. “É um projeto macro, de extensão universitária, através do qual iremos atender todas as comunidades existentes no entorno da Unit. Nossa intensão é que possamos desenvolver várias ações em diferentes locais, acompanhando-as e observando a sua evolução”, justifica a coordenadora do Fórum do Desenvolvimento Regional. Ela acrescenta que durante a semana, alunos do curso de Estética e Cosmética já desenvolvem ações no Projeto Esperança que objetivam valorizar a autoestima, assim como alunos de Engenharia de Petróleo que estão minimizando as dificuldades das crianças com as disciplinas de exatas.

 

Compartilhe: