V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Currículo mais próximo da realidade do mercado

Empresas com grande número de profissionais de tecnologia participam de reunião na Unit para discutir e propor um novo currículo

às 19h51
O professor Fábio aborda o motivo da reunião
O professor Fábio aborda o motivo da reunião
Profissionais da educação e da área de TI participam da reunião
Compartilhe:

A coordenação dos cursos de Computação da Unit promoveu na tarde dessa terça-feira, 2, uma reunião entre docentes, profissionais de TI e gestores de grandes empresas que atuam no mercado sergipano com o propósito de discutir um novo currículo para a área.

O encontro que teve como local o anfiteatro do Bloco F no Campus Farolândia foi motivado pelo interesse em discutir conjuntamente a reformulação do currículo, aproximando ainda mais a academia da realidade do mercado.

Na visão do coordenador, professor Fábio Santos, a grade curricular deve atender às diretrizes do MEC, mas também estar em consonância com a realidade apresentada pelas áreas em que os egressos da Unit irão atuar.

“Nos nossos cursos de Computação a dinâmica da mudança acontece de forma muito ágil, e não podemos deixar ouvir o mercado, que é onde os nossos alunos vão exercer suas profissões”, poderá o docente.

Egresso da Unit e hoje ocupando o cargo de Superintendente de Tecnologia do Banese, Ícaro Rogério Gomes Ramos ressalta a preocupação da universidade em discutir com o mercado como algo de grande valia.

“A academia forma profissionais para o mercado e nós, que estamos inseridos nesse mercado, notamos que há um certo distanciamento. Parabenizamos a Unit por ser a pioneira no estado a buscar essa aproximação, para que consigamos atender aos anseios tanto da academia como do mercado”, sugere Ícaro.

“É uma preocupação dos cursos da Unit, especialmente da área de Computação, da qual eu faço parte, sempre estar alinhada com as tendências do mercado”, sugere o professor Virgílio Antônio do Nascimento Cardoso de Faro, há 27 anos docente na Unit.

Para Exon Machado, diretor do Departamento de Tecnologia e Informática da Unit, é importante aproximar as demandas do mercado de trabalho com a preparação do aluno que está prestes a exercer sua profissão. “É importante que o aluno, ao se formar, tenha as competências necessárias para conseguir suprir o que o mercado precisa”, sugere.

“Essa é uma oportunidade que os cursos de Informática têm de discutir o currículo, as habilidades e competências que os profissionais precisam desempenhar lá fora. É oportuno convidar as empresas que acabam contratando mão de obra especializada formada pela Unit”, complementa o Diretor de Inteligência Competitiva, professor Domingos Sávio de Alcântara Machado.

Compartilhe: