V E S T I B U L A R UNIT
MENU

48% dos que moram no Nordeste estão com contas em atraso, diz pesquisa

Em várias regiões do país, o endividamento aumentou por força da crise econômica; os mais endividados estão no Norte/Centro-Oeste

às 21h39
Entre as contas que mais estão sendo atrasadas, estão as faturas de cartão de crédito e contas de luz, água e telefone (Unsplash)
Entre as contas que mais estão sendo atrasadas, estão as faturas de cartão de crédito e contas de luz, água e telefone (Unsplash)
Compartilhe:

Contas em atraso são uma realidade para 48% dos brasileiros que residem no Nordeste. É o que revelou uma pesquisa realizada pelo Instituto Datafolha, que analisou o endividamento da população brasileira e constatou que ele aumentou, por força da atual crise econômica que atinge o país. Segundo o mesmo levantamento, os mais endividados são os que residem no Norte/Centro-Oeste (53%). Já os brasileiros que moram no Sudeste (42%) ocupam o terceiro lugar nesse ranking e em seguida vem os que moram no Sul (36%).

A pesquisa mostra, ainda, que, no momento, 45% dos brasileiros têm alguma dívida ou conta atrasada. Os outros 55% estão com os débitos em dia. Dos que estão endividados, 25% dos entrevistados disseram que estão com a fatura do cartão de crédito atrasada. Outros 22% disseram que é a conta de luz e 16% que a fatura da água está vencida.

Entre as contas que estão deixando de ser pagas pelos brasileiros endividados apontadas na pesquisa, estão ainda o pagamento do aluguel ou prestação de imóvel (11%), o gás (8%), a mensalidade de escola ou faculdade (6%), a prestação de automóvel ou motocicleta (6%) e o plano de saúde (5%).

Já uma pesquisa divulgada no dia 25 de setembro pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) apontou que o número de brasileiros endividados em agosto foi de 72,9%, batendo um novo recorde. O recorde anterior foi em julho, quando 71,4% das famílias possuíam alguma dívida. De acordo com o levantamento, esse é o maior percentual de endividados no país desde 2010, quando a entidade inaugurou a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor. 

Redução de Consumo

A pesquisa do Datafolha também apontou que 85% dos brasileiros reduziram o consumo de alimentos desde o início deste ano, com destaque para carne de boi, arroz, feijão, frutas, legumes e pão. O ovo, ao contrário, ganhou espaço nos lares do país como substituto da proteína, segundo o levantamento, realizado entre 13 e 15 de setembro.

O levantamento destacou que 67% dos brasileiros cortaram o consumo de carne vermelha; 51% o de refrigerantes e sucos e 46% o de leite, queijo e iogurte. Pão francês, pão de forma e outros pães aparecem com 41% de redução.

Asscom | Grupo Tiradentes

Compartilhe: