V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Acadêmicos da Unit poderão estudar na África do Sul a partir de 2019

Primeira parceria acadêmica firmada entre o Grupo Tiradentes no continente africano foi com uma das melhores universidades da África do Sul, a University of Johannesburg

às 19h51
Assessora administrativa da Coordenação de Relações Internacionais da Unit, Selen Ive Carneiro
Assessora administrativa da Coordenação de Relações Internacionais da Unit, Selen Ive Carneiro
Compartilhe:

Por Ana Dulce Melo

O Grupo Tiradentes não para de inovar a fim de aperfeiçoar a formação de seus alunos. A partir de 2019, os graduandos poderão incrementar seus currículos acadêmicos na Universidade de Joanesburgo, na África do Sul.

Assessora administrativa da Coordenação de Relações Internacionais da Unit, Selen Ive Carneiro explica que a Universidade de Joanesburgo foi escolhida pela semelhança com o Grupo Tiradentes. “O próprio processo de internacionalização da Unit e os laços históricos do Brasil com a África do Sul despertaram o interesse em firmar o acordo com a University of Johannesburg, uma instituição jovem, com menos de 20 anos, ranqueada entre as nove melhores do país e com títulos internacionais e nacionais. Buscamos a aproximação porque estamos passando por um processo de consolidação de parcerias que estejam alinhadas com a nossa missão. Recentemente, também conseguimos firmar acordos com a Hungria e China. É estratégico estar na África do Sul”, afirmou.

Localizada em Joanesburgo, maior cidade da África do Sul e principal núcleo urbano, industrial, comercial e cultural do país, a Universidade de Joanesburgo conta com quatro campi e anualmente recebe cerca de três mil alunos internacionais provenientes de cerca de 80 países diferentes.

“O convênio já foi assinado, e a universidade tem um ritmo bastante cosmopolita, com quatro campi modernizados, todos localizados no centro da cidade. Atualmente, a Universidade conta com cerca de 50 mil estudantes e, assim como a Tiradentes, uma de suas principais metas é a transversalidade do processo de internacionalização, alinhada com a preocupação em manter a excelência no recrutamento e envio de estudantes de graduação e pós-graduação. A partir de 2019.1 nossos alunos e os deles poderão ir e vir através do Programa de Mobilidade  Acadêmica Internacional (Promai)”.

Universidade de Joanesburgo

De acordo com Selen, a universidade conta com nove escolas e os alunos da Unit interessados  em estudar lá  são isentos de taxas acadêmicas, arcando com custos de alimentação e moradia.

“Pessoalmente, é uma experiência de emancipação do estudante, de ter novas experiências, se relacionar com novos professores, pessoas, troca de conhecimentos, aperfeiçoamento da língua. No mercado, é um diferencial. Uma experiência internacional ajuda o aluno a ter um destaque profissional e acadêmico, porque ele tem a oportunidade de cursar disciplinas em outro idioma e, ao mesmo tempo, desenvolver habilidades estratégicas para o mercado de trabalho. É um processo de aprendizado rico e inovador”, disse, destacando que o Grupo Tiradentes possui convênios firmados  com universidades do  Chile; Colômbia; Peru; Argentina; Portugal; México; Espanha; Estados Unidos e Coreia do Sul, dentre outros destinos.

Compartilhe: