V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Aluno de Direito conclui disciplina na Polônia com estudo Forense

Victor Hugo apresentou trabalho na Universidade de Varsóvia, na Polônia, graças à parceria internacional da Universidade Tiradentes

às 13h06
Victor Hugo apresentou trabalho na Universidade de Varsóvia, na Polônia
Victor Hugo apresentou trabalho na Universidade de Varsóvia, na Polônia
Compartilhe:

Por Raquel Passos

A busca pelo conhecimento proporciona não somente crescimento profissional, mas momentos inesquecíveis na vida de um cidadão. Pensando em contribuir com o desenvolvimento crítico e ampliar os horizontes de atuação de futuros profissionais, os programas de Relações Internacionais da Universidade Tiradentes (Unit) têm ganhado força cada vez mais.

O aluno do 4º período de Direito da Unit Victor Hugo Leite está na Europa há quatro meses e já colhe frutos que a extensão universitária proporciona. Como a Unit tem parceria com a Universidade de Varsóvia (Polônia), justamente um dos locais em que Victor gostaria de atuar e elevar o nome de Sergipe, ele conseguiu unir o útil ao agradável. Atualmente, cursa a disciplina Criminalistic and Forensic Studies (Estudos Criminais e Forenses) e produziu um trabalho sobre os laudos periciais do caso que ocorreu com a cantora Eliza Clívia em Aracaju em 2017.

“Escolhi a Europa para viver essa experiência por ser o continente mais importante para minha carreira e pela história que o Velho Continente representa para mim em particular. A vivência em terras novas nunca é fácil, mas como bom brasileiro, levanto a cabeça e sigo enfrentando com êxito meus desafios. Hoje tenho vida completamente estabelecida na capital polaca”, relata.

Estudo Forense

Um dos objetivos alcançados pelo discente aconteceu no último dia 6. Pouco mais de um ano após o caso da cantora Eliza Clívia, Victor Hugo recebeu uma homenagem da Secretaria de Segurança Pública de Sergipe pelo trabalho que produziu sobre o episódio. A cantora paraibana Eliza Clívia, de 37 anos, ex-vocalista da Banda Cavaleiros do Forró, e o marido, o baterista Sérgio Ramos, morreram em um acidente de trânsito no Centro de Aracaju em 16 de Junho de 2017. Meses após o ocorrido, inquérito concluiu que o motorista da cantora foi responsável pelo acidente.

“Tive interesse em produzir este estudo forense, pois além de ser um dos casos mais importantes para a história recente da criminalística de nosso estado, acabei acompanhando o andamento do fato em rodas de conversa com amigos da SSP que comentavam sobre os rumos junto à Justiça e uma visão completa das técnicas usadas por nossa polícia”, comenta Victor Hugo, que retornará ao Brasil no próximo dia 3.

Para ele, a maior virtude dessa oportunidade é representar e apresentar Sergipe e a Unit aos europeus. “Assumi como responsabilidade pessoal enquanto posso fomentar o nome de Aracaju, Sergipe e, por último, mas não menos importante, da Universidade Tiradentes”, pontua.

 

 

 

 

Compartilhe: