V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Aumento de casos da covid19 intensifica necessidade de prevenção

Não há dados que sugiram aumento na gravidade da doença, ainda assim, é essencial que a população seja vacinada com as doses de reforço.

às 11h54
Imagem: Freepik
Imagem: Freepik
Compartilhe:

A incidência de covid19 cresceu em pelo menos 12 estados brasileiros. Tudo indica que o aumento do número de novos casos deve-se à variante BQ.1.1 da Ômicron, que também já circula por 29 países da União Europeia, Estados Unidos e China. As primeiras análises mostram que a nova cepa pode escapar do bloqueio imunológico em pessoas que receberam as primeiras doses da vacina, mas não tomaram os dois reforços.

Segundo o professor do curso de Medicina da Universidade Tiradentes (Unit), Matheus Todt, não há dados que sugiram aumento na gravidade da doença, mesmo assim, é essencial conscientizar em relação à vacinação e aos cuidados sanitários.

“Por enquanto, nada indica que essa variante cause doença mais grave, porém, ela pode gerar um aumento no número de casos, principalmente entre as pessoas que não se vacinaram adequadamente. A vacinação adequada confere alguma proteção, porém, mesmo aqueles que tomaram todas as doses da vacina tem risco de adoecer”, esclarece Todt.

Novos casos

Por meio de nota técnica, o Ministério da Saúde alerta à população e profissionais de saúde quanto à situação da covid-19 em âmbito local e reforço das medidas não farmacológicas de prevenção e controle:

  • Higienização frequente das mãos com álcool 70% ou água e sabão
  • Uso de máscaras de proteção facial  por indivíduos com fatores de risco, pessoas que tiveram contato com casos confirmados de covid-19 e pessoas em situações de maior risco de contaminação pela covid-19 como locais fechados e mal ventilados, locais com aglomeração e serviços de saúde
  • Isolamento de casos suspeitos e confirmados para covid19

Os dados epidemiológicos da covid-19 no mundo e no Brasil indicam a necessidade de contínuo monitoramento epidemiológico do SARS-CoV-2 e variantes. Até 11 de novembro de 2022, são 34.908.198 casos e 688.656 óbitos acumulados de covid-19 no Brasil.

Em Sergipe, o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde nesta quarta-feira, 16, foram registrados em 24 horas, 96 novos casos de covid19 e nenhum óbito. 

Vacinação

No que se refere a imunização, 87,90% da população sergipana foi vacinada com a primeira dose e 81,19% com a segunda dose. Além disso, 60,90% foi vacinada com a primeira dose de reforço (destinada a população maior de 12 anos) e 30,32% com a segunda dose de reforço (para a população maior de 18 anos).

 

Leia também: Vacinação completa diminui efeitos da nova variante do coronavírus

 

Compartilhe: