V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Bricelets são Patrimônio Cultural Imaterial de Sergipe

Os Bricelets tem origem suíça e sua produção era feita pelas freiras beneditinas, atualmente, o biscoito faz parte da história da cidade

às 21h02
Foto: Secom Prefeitura de São Cristóvão
Foto: Secom Prefeitura de São Cristóvão
Compartilhe:

Com a sanção da Lei 8.931/2021 pelo Governo do Estado, os biscoitos Bricelets foram oficialmente considerados Patrimônio Cultural Imaterial do Estado de Sergipe. A iguaria, cujo lucro no passado era revertido para o antigo Orfanato Imaculada Conceição, se tornou um dos atrativos culturais e turísticos de São Cristóvão e é revendido em diversas partes do estado.

O biscoito Bricelet tem origem suíça e foi trazido pelas freiras beneditinas que viveram enclausuradas na antiga Santa Casa de Misericórdia do município. Com massa bem leve e sabor de laranja, o biscoito é produzido por meio de  um processo artesanal delicado e feito em uma chapa quente, de forma individual. Leite, farinha de trigo, ovos e açúcar, suco de laranja e  raspas de limão fazem parte da receita.

De acordo com a coordenadora pedagógica do curso de Gastronomia da Universidade Tiradentes e professora da disciplina Cozinha Regional Nordestina, Isabelle Brito, os bricelets têm uma característica especial por ser um trabalho totalmente manual. Para ela, o que o torna Patrimônio Cultural Imaterial é o passar de geração para geração, modo de fazer saber.

“Trata-se de uma receita secular, herdada pelas irmãs beneditinas que vieram da Suíça para congregação do Brasil. Como nos mosteiros, a padaria e confeitaria, sempre foram motivo de criação e produção, é comum a gente visualizar em outros estados, receitas características, principalmente nessa parte de confeitaria com produção de sequilhos e doces, específicos de mosteiros”, explica.

Bricelets

A professora explica que esta espécie de biscoito é prensada em uma chapa com um símbolo característico de Sergipe. “Para nós, é de muito valor cultural e de patrimônio de pertencimento à essa identidade cultural e alimentar”, conta Isabelle Brito. 

Atualmente, a confecção dos biscoitos não está mais a cargo das freiras, o conhecimento da confecção dos Bricelets  foi passada para os funcionários que as ajudavam e que, agora, levam adiante o trabalho histórico. 

A sanção da Lei reafirma a importância da cidade e as particularidades da cultura da cidade de São Cristóvão, repleta de elementos que retratam as tradições da Cidade Mãe de Sergipe. Atualmente, os Bricelets são comercializados num espaço que leva o seu nome, numa espécie de homenagem. 

Casa dos Bricelets está localizada na rua Erundino Prado, nº 16, Centro Histórico, funcionando das 8h às 17h.

 

Leia mais:

A preservação do patrimônio e da cultura no Grupo Tiradentes

Compartilhe: