V E S T I B U L A R UNIT
MENU

CAFisio promove I Workshop Multidisciplinar Agonista

Mais de 100 estudantes de Fisioterapia se inscreveram para o workshop, que abordou diversas áreas de atuação do fisioterapeuta.

às 11h43
Compartilhe:

Nesta sexta-feira, 20, o Centro Acadêmico de Fisioterapia da Universidade Tiradentes (CAFisio) realizou o I Workshop Multidisciplinar Agonista. ofertou oito minicursos práticos abordando áreas distintas da fisioterapia. Para a entrada, os inscritos doaram 1kg de alimento para serem doados à instituições de caridade. Mais de 100 estudantes se inscreveram para participar do workshop.

“Quando pensamos em realizar esse evento foi nesse intuito de suprir uma necessidade do virtual, em que ficamos muito presos ao virtual e perdemos muitas práticas. Então, pensamos em fazer esse evento de forma multidisciplinar, com várias temáticas da fisioterapia para ter essa abordagem prática e os alunos possam agregar conhecimento, e descobrirem novas áreas”, explica o aluno Gian Carlos Rodrigues, presidente do CAFisio.

Entre os temas, ele explica que o Centro Acadêmico buscou assuntos em alta na área e que mais interessam os estudantes, como pediatria, Pilates, ortopedia, reabilitação de lesões, disfunções da cabeça e pescoço, entre outros. 

O fisioterapeuta Tiago Santana Mendonça, que também é egresso da Unit, ministrou o minicurso sobre a atuação do fisioterapeuta em casos de disfunções de cabeça e pescoço. “Essa é uma área nova na fisioterapia, poucas pessoas conhecem e é um prazer poder estar disseminando um pouco de conhecimento para os alunos e mostrar que tem outras possibilidades, outras áreas para os fisioterapeutas quando saírem da universidade poderem atuar e é uma área riquíssima bastante interessante”, conta.

“Temos diversas vertentes para trabalhar com o paciente. Nós temos as famosas DTMs (disfunções temporomandibulares), as cirurgias ortognáticas, em que o paciente que tem o queixo muito para frente ou muito para trás, impedindo a respiração. Depois da cirurgia, trabalhamos nesse pós-operatório para dar uma maior funcionalidade a esse paciente. Mas também temos a área vestibular, trabalhando com aqueles pacientes que têm labirintite. Trabalhamos na área de oculomotor, com pacientes com estrabismo, paralisia facial… Então é uma área ampla em que podemos atuar, juntamente com vários profissionais da área da saúde como dentistas, otorrino, oftalmologista, médico”, salienta Tiago.

O estudante Lucas Bonfim escolheu participar do minicurso para melhorar o conhecimento adquirido em sala de aula. “É muito válido expandir o conhecimento em várias áreas. É uma oportunidade de conhecê-las e no futuro, quem sabe, escolher uma dessas áreas para seguir como formação e trabalho”, afirma o aluno.

 

Leia também: Encontro de Egressos do curso de Fisioterapia amplia horizontes de alunos

Compartilhe: