V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Capela da Unit reúne fieis para momentos com Deus

“A capela se tornou um aconchego para os alunos e para aqueles que sempre vão à missa ter um momento com Deus”, diz coordenadora.

às 12h04
Capela da Unit (Foto: Acervo/Unit)
Capela da Unit (Foto: Acervo/Unit)
A coordenadora da capela, Rosângela Aragão.
Capela nos anos 90, antes da inauguração do campus Farolândia (Foto Acervo Unit)
Compartilhe:

Foi o tenente de Marinha, José Domingues Fontes que pediu ao seu filho, Juvino Martins Fontes, que construísse uma capelinha em sua fazenda, onde desejava ser sepultado. À época colocaram uma imagem de Nossa Senhora da Vitória. Foi justamente este lote que o reitor da Universidade Tiradentes, Jouberto Uchôa de Mendonça, adquiriu para instalar o campus Farolândia.

Ao adquirir o terreno, teve-se como ponto de partida da instalação do campus, as obras de restauração do principal marco de fé dos habitantes do sítio – a capelinha. Foram colocadas algumas imagens, na ausência daquelas que costumavam habitar o pequeno altar, dentre as quais uma de Santo Antônio, santo este da devoção dos mantenedores da instituição.

“A capela se tornou um aconchego para os alunos e para aqueles que sempre vão a missa ter um momento com Deus. Como dizia o papa João Paulo II, fé e razão devem andar juntas, não separadas porque nós somos espirituais, somos corpo, alma, mente e espírito. Tem que estar juntos e é nesse momento que alimentamos a nossa espiritualidade. Esse é o papel da capela; agregar, unir, aproximar e acolher as pessoas”, diz a coordenadora da capela, Rosângela Aragão.

Programação

Além da programação religiosa afetiva, com celebração de missas todas as segundas-feiras, às 11h, quartas e quintas-feiras, às 17h, anualmente celebram-se as Trezenas de Santo Antônio. Todas as quintas, às 16h, também acontece a Adoração ao Santíssimo, e após à missa, o Grupo Reaviva reúne-se para um encontro de oração.

Papa Francisco

Em 2016, a Unit inaugurou a estátua do papa Francisco em frente à capela. A obra, de autoria do artista sergipano nascido no município de Neópolis, Deolando Vieira, mede 7.30m de altura e embeleza ainda mais o cenário, ícone de referência para a comunidade religiosa.

 

Leia também: Núcleo de Educação Infantil há 20 anos trabalhando com excelência

Compartilhe: