V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Corrida beneficente em prol do Lar Dulce Lar terá apoio da Unit

A ‘Corrida pela Vida’, ação voltada para arrecadar fundos para pessoas em situação de vulnerabilidade, terá participação dos alunos

às 22h39
Imagem: Divulgação
Imagem: Divulgação
Nino, representante do Lar Dulce Lar
Professor Antenor Neto
Compartilhe:

Pensando na coletividade, acolhimento e preparação dos alunos no ensino prático, os estudantes de Educação Física da Universidade Tiradentes vão participar da rede de apoio da nona edição da ‘Corrida pela Vida’, evento em prol da arrecadação de bens para instituição ‘Lar Dulce Lar’. De acordo com o coordenador do curso de Educação Física, Antenor Neto, em eventos como esse, os alunos alinham o conhecimento da sala de aula com o objetivo de ajudar quem mais precisa.

O coordenador relata que nas últimas três edições os alunos do curso participaram da equipe de apoio da corrida. “Nossos alunos estarão na no momento da largada durante o percurso, vão distribuir e cuidarão da hidratação dos participantes, da indicação do percurso da corrida e também da motivação dos atletas em relação à distância. É uma prática profissional que entra também com o capital humano, ajudando a divulgar boas ações e os projetos da instituição”, explica Antenor. 

A ‘Corrida pela Vida’ vai acontecer no dia 24 de outubro com início às 7h30 em frente ao bar e restaurante Parati no bairro Mosqueiro. Com percursos na areia e no asfalto, a taxa de inscrição é no valor de R$50 junto com a entrega de 1kg de alimento não perecível. Para se inscrever na Corrida é só acessar o formulário.

O Lar Dulce Lar é uma instituição beneficente sem fins lucrativos que acolhe e cuida em regime integral de pessoas abandonadas e em alto grau de vulnerabilidade. Situada no Mosqueiro, Zona de Expansão da capital, o trabalho é realizado e mantido através de doações de familiares, amigos e pequenos parceiros. Atualmente, há cerca de 50 pessoas entre acolhidos, colaboradores e voluntários. A instituição também desenvolve um outro trabalho denominado ‘Pequeninos de Irmã Dulce”, voltado para crianças carentes em bairros como Farolândia, Santa Maria e Areia Branca.                                  

Nino, um dos voluntários da instituição, explica que a primeira edição da ‘Corrida pela Vida’ aconteceu no ano de 2012 com o objetivo de arrecadar recursos para uma jovem que contraiu câncer de mama e não possuía condições de arcar com os custos do tratamento e desde então a Unit tem participado com diversas contribuições. “Em tempos de supervalorização da saúde e do corpo, o esporte se mostra atraente para pessoas de todas as idades e lugares, atletas amadores e profissionais. As corridas de rua, por serem de fácil treinamento e apresentarem ótimos resultados, conseguem cada vez mais praticantes”.

 

Leia Mais:
A versatilidade e a importância do profissional de Educação Física
Aplicativo para avaliação do condicionamento físico em idosos conquista patente

Compartilhe: