V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Docente da Unit é única pesquisadora 1A do CNPq em Química Analítica do Brasil

A professora doutora Elina Caramão é docente e pesquisadora na Unit e desenvolve pesquisas com bio-óleo e óleos essenciais.

às 12h23
A pesquisadora doutora Elina Caramão.
A pesquisadora doutora Elina Caramão.
Compartilhe:

A pesquisadora doutora Elina Caramão vem galgando, ao longo dos anos, grandes conquistas. No 20º Encontro Nacional de Química Analítica, ocorrido em setembro, ela foi considerada a única pesquisadora nível 1A do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), na área de Química Analítica do Brasil. Atualmente, ela é professora na Universidade Tiradentes (Unit) e desenvolve pesquisas com bio-óleo e óleos essenciais para produção de fármacos.

Para ela, saber da sua posição como pesquisadora foi uma grande surpresa. “Na área de Química Analítica só há 16 pesquisadores nível 1A em todo o Brasil. Eu nunca tinha me preocupado em saber quantas mulheres haviam lá, mas como está se falando muito em empoderamento da mulher, e eu fico, óbvio, feliz por estar entre esses 16. Ser a única mulher é uma distinção, mas eu gostaria que houvesse mais mulheres, eu conheço muitas, inclusive ex-alunas que são pesquisadoras em várias universidades do país”, diz.

Desde 2018, Caramão é bolsista de produtividade em Pesquisa 1A, nível mais elevado do CNPq. Mas a sua trajetória na pesquisa começou há mais 40 anos na graduação de Química na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). De lá para cá, ela já orientou cerca de 30 teses de doutorado e 30 dissertações de mestrado. É mestre em Engenharia de Materiais também pela UFRGS e doutora pela Universidade de São Paulo (USP) – campus São Carlos. 

“Há seis anos eu passei para 1A e cheguei ao auge da minha carreira, pois é o máximo que um pesquisador consegue alcançar dentro do CNPq. Consegui muita coisa boa, principalmente na formação de recursos humanos, que é a função primordial do professor-pesquisador. Também desenvolve projetos e trabalhos com empresas, mas a formação do aluno é fundamental”, afirma a pesquisadora.

A pesquisadora tem experiência em Química, com ênfase em Química Analítica e atua principalmente em temas como a Cromatografia, Espectrometria de Massa, Combustíveis e Biocombustíveis, Biomassa e Produtos Naturais. Atualmente, o foco de suas pesquisas é com bio-óleo de plantas brasileiras, especialmente coco, extratos de plantas com finalidade farmacológica ou alimentar. Em paralelo, desenvolve projetos com a Petrobras.

 

Leia também: Docente da Unit representou o Brasil em programa promovido pela Fundação Carolina

Compartilhe: