V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Docente do curso de Odontologia é vacinada contra Covid-19

No primeiro dia de imunização contra o coronavírus em Sergipe, a professora Simone foi imunizada e destacou a importância de se confiar na vacina 

às 21h38
Professora Simone Guedes
Professora Simone Guedes
Compartilhe:

A professora do curso de Odontologia da Universidade Tiradentes, Simone Guedes, foi uma das profissionais de saúde vacinadas ainda nesta terça-feira (19), primeiro dia de imunização contra o coronavírus em Sergipe.

Profissional na rede municipal de Nossa Senhora do Socorro, atuando na linha de frente do município, a odontóloga relata que a vacinação traz esperança. 

“A vacinação contra o coronavírus traz animação e algumas incertezas quanto à eficiência dessas vacinas. Mas temos que ter em mente que a imunização é a medida mais eficaz e duradoura para diminuir o número de doenças ou erradicá-las. O objetivo é  justamente conferir proteção contra o vírus. Então, quanto mais pessoas forem vacinadas, mais fácil será controlar a propagação dessa doença. Acredito que essa imunização será fundamental para acabar com a pandemia”.

Simone ressaltou que mesmo com a chegada da vacina, a população não pode vacilar nos cuidados preventivos, como uso de máscara e higienização das mãos. “Sabemos que ainda vamos continuar mesmo vacinados utilizando os protocolos de segurança como máscara, limpeza das mãos, utilização sempre de álcool 70, limpeza de alimentos”.

A docente também falou do impacto nos acadêmicos, já que eles são considerados profissionais de saúde e a vacinação dos professores serve como exemplo.

“Os alunos de saúde estão contemplados como profissionais e é muito importante porque nos dá tranquilidade para trabalhar. temos que ser exemplo de confiança na vacina”.

Apoio

Professora Wanessa Lordêlo, diretora de Operações de Saúde do Grupo Tiradentes, informou que a Universidade Tiradentes costuma disponibilizar seus espaços e profissionais para auxiliar em ações de saúde do governo do Estado e da Prefeitura de Aracaju.

“A imunização iniciada neste dia 19 em nosso estado traz a esperança da prevenção contra a Covid-19 e retrata um marco histórico que deve ser comemorado por toda população sergipana. Sempre nos disponibilizamos, mas, no momento, não existe nada certo sobre utilização dos espaços da Unit para realização de vacinação. Uma professora nossa foi vacinada. Não posso precisar o quantitativo de docentes que estão na linha de frente, porém, sabemos que muitos estão atuando”, disse.

Vacinação

Em Aracaju, a distribuição e aplicação das primeiras doses da vacina CoronaVac, produzida pelo Instituto Butantan iniciou em unidades hospitalares e nas quatro Unidades Básicas de Saúde exclusivas para casos de síndromes gripais ou suspeitos de Covid-19.

 “Hoje é um dia emocionante, bastante gratificante poder ver no olhar de cada um a satisfação de poder receber a primeira vacina depois de tantos meses de luta, de momentos de dúvidas. Que isso sirva de estímulo para todos eles, para que continuem dando seu sangue, seu amor, nessa luta. Pois nós, da área de saúde, fomos formados para isso, para tentar dar o máximo e proteger a nossa sociedade”, considerou a secretária municipal da Saúde, Waneska Barboza.

 

*Matéria atualizada em 21/01/2021

Compartilhe: