V E S T I B U L A R UNIT
MENU

'Dogfluencers': cultura dos pets blogueiros vira tendência nas redes sociais

Sucesso dos pets em perfis “próprios” nas redes sociais aumentou ainda mais durante a pandemia, provando que os animais podem ser influenciadores

às 10h03
Um dos perfis de pets que fazem mais sucesso é o da graciosa Olívia, que já angariou mais de 11 mil seguidores (Arquivo pessoal)
Um dos perfis de pets que fazem mais sucesso é o da graciosa Olívia, que já angariou mais de 11 mil seguidores (Arquivo pessoal)
A dognfluencer Olívia e sua tutora, Daniela Sampaio, egressa de Jornalismo da Unit Sergipe (Arquivo pessoal)
Compartilhe:

O sucesso dos pets que têm redes sociais criadas e alimentadas por seus tutores é um fenômeno em todo o mundo. Os chamados ‘dogfluencers’ vem ganhando cada vez mais curtidas e um lugar cativo no coração de seus milhares de seguidores. 

Em Singapura, no sudeste asiático, por exemplo, essa é uma moda que já estava em voga antes da pandemia. Os múltiplos confinamentos motivados pelo coronavírus e o crescimento do comércio on-line só acentuaram essa paixão. Por lá, uma duplinha de terriers brancos faz muito sucesso e já conquistou mais de 24.800 seguidores no Instagram. Com um chapéu de verão e lenços coloridos no parque, na cesta de uma bicicleta ou em casa junto a uma garrafa de vinho, as fotos de Sasha e Piper são publicadas regularmente em “Lomodoggies“, sua conta do Instagram. Os cachorrinhos já renderam vários milhares de dólares à sua dona, graças ao uso de produtos que vão desde aspiradores de pó a sapatos. Eles têm, inclusive, uma agência de representação.

No Brasil, vários perfis se destacam. Entre eles, o ‘Madá & Bica’ (@madaebica) no Instagram. As postagens repletas de bom humor retratam a convivência de Madalena, uma bulldog ‘fofa’, e Maria Bica, uma pinscher ‘ácida’, como são descritas pelo tutor delas, o gerente de marketing Leonardo Bagarolo, no perfil que tem nada menos que 733 mil seguidores. 

Outro perfil que se destaca é o da charmosa ‘Olivia Miss Pet’ (@olivia_misspet), que tem mais de 11 mil seguidores. A tutora da Olivia é a jornalista Daniela Sampaio, egressa do curso de Jornalismo da Universidade Tiradentes (Unit Sergipe). “A ideia de criar um Instagram para a minha pet Olivia surgiu para que eu tivesse um espaço, onde pudesse compartilhar com familiares e amigos o crescimento da minha pequena. Além disso, meu Instagram voltaria a ser meu [risos], já que depois da chegada da mascote na família, só haviam fotos dela em minha rede social”, disse.

De acordo com ela, o Instagram de Olívia foi crescendo com o passar do tempo e o conteúdo passou a atrair o interesse dos seguidores e de algumas marcas locais, surgindo, inclusive, algumas oportunidades de parcerias relacionadas ao ramo pet. “Passamos a usar o Instagram de Olivia também para ajudar a divulgar campanhas de doação de cães e gatos, castração solidária, pedidos de ajuda para encontrar animais desaparecidos, além de dicas de cuidados essenciais com os pets”, contou.

A jornalista destaca, ainda, que outro conteúdo preferido para trabalhar são as sugestões de ambientes pet friendly em Aracaju, onde mora. “Amamos compartilhar lugares legais e que aceitam e recebem nossos animais com o carinho que eles merecem”, frisou Daniela. 

Asscom | Grupo Tiradentes

Compartilhe: