V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Educação infantil é discutida em Live

Profissionais de educação infantil discorreram sobre a importância dos estímulos na primeira infância

às 22h00
Compartilhe:

Estimulação precoce e modelos de jogos educativos foram objetos de análise de Live realizada pela Pós-Graduação em Educação da Universidade Tiradentes.  Durante uma hora, as profissionais de educação infantil Anatercia Silva Santos e Patrícia de Sousa Nunes discorreram sobre a importância dos estímulos na primeira infância.

Pedagoga e graduada em Educação Física, Patrícia de Sousa destacou que, durante a primeira infância, as crianças têm dificuldade de aprender com forma abstrata e ensinou como educadores e pais podem sair do abstrato para o concreto no processo de aprendizagem.

“É importante trabalhar letras, formas geométricas, texturas, sair do abstrato e ir para o concreto. Nesse processo, se trabalha a psicomotricidade, que define a lateralidade, e se estimula a coordenação motora fina”, disse.

Questionada como o profissional pode avaliar os cursos de especialização que trabalham com estimulação precoce, Patrícia disse ser importante observar a matriz curricular e buscar as disciplinas sobre diagnóstico e sobre sala de recursos.

Estímulos

Durante a palestra, as profissionais apresentaram brinquedos que podem ser produzidos com objetos recicláveis de baixo custo e que são úteis no processo de estimulação, a exemplo de latas, palito de fósforo, pregadores, embalagem de ovo.

Anatercia Silva explicou que a estimulação precoce tem por finalidade estimular a criança com deficiência nos primeiro anos de vida e ressaltou sua importância. “É muito importante os estímulos de 0 a 3 anos porque o cérebro está ávido por conhecimento”.

Compartilhe: