V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Egressa da Unit é aprovada em edital de publicação de obras digitais da UFS

Émile Cartaxo foi contemplada em primeiro lugar, dentro das vagas para a comunidade externa.

às 11h14
Compartilhe:

A egressa do curso de Direito e do mestrado em Direitos Humanos da Universidade Tiradentes, Émile Cartaxo, foi contemplada em primeiro lugar com nota máxima, dentro das vagas para a comunidade externa, no edital de publicação de obras digitais da Editora UFS. A publicação é intitulada Suicídio Infantojuvenil: Perspectivas da Vulnerabilidade em Aracaju/SE. No processo seletivo foram ofertadas 30 vagas, sendo 25 para a comunidade acadêmica da UFS e cinco para comunidade externa.

Fiquei extremamente feliz porque se trata do reconhecimento da relevância da temática que estudo, bem como do caráter científico da mesma, fruto de muita dedicação e da importância que o mestrado foi e é na minha trajetória acadêmica e profissional. Estou muito grata”, declara Émile Cartaxo.

Desde os primeiros semestres do curso de Direito, Émile já havia enxergado na pesquisa um caminho de possibilidades, de transformação de realidades e de integração entre teoria e prática. “Ao longo da graduação, escrevi alguns artigos e tive a honra de ter a orientação da professora Karyna Sposato, realizando pesquisa de campo no âmbito do Trabalho de Conclusão de Curso na área do Direito da Criança e do Adolescente”, salienta.

A Unit foi muito relevante durante toda a minha trajetória acadêmica, esteve sempre presente de muitas formas, desde a equipe de professores excelentes até a coordenação. Com o apoio da minha família pude cursar o mestrado em Direitos Humanos e ter a oportunidade de vivenciar dois intensos anos na minha carreira pessoal, acadêmica e profissional”, acrescenta.

Émile Cartaxo destaca a qualidade docente da instituição de ensino. “Tive aulas incríveis com professores e professoras sensíveis e competentes. Experiências maravilhosas e inquietantes com o conhecimento através de palestras, aulas, professores, coordenação e colegas. Em especial, o encontro incrível, oriundo do mestrado, que tracei com a minha orientadora, professora doutora Tanise Zago Thomasi, que mesmo antes da pandemia, acreditou na minha temática e me auxiliou de forma extraordinária em todo esse processo. Só tenho a agradecer”, enfatiza.

Atualmente, a egressa continua desenvolvendo pesquisas na área. “São ensaios relevantes e que carecem muito de estudos científicos, inclusive participo como pesquisadora do grupo de pesquisa A garantia da saúde psicológica da infância e adolescência – um olhar crítico a partir da Rede de Proteção aprovado no edital do Programa de Iniciação Científica nº 01/2021, na modalidade PROBIC/Unit, e pretendo expandir a pesquisa em planos futuros para o doutorado”, finaliza.

Veja também: Curso de Direito é espaço importante de discussão sobre Direitos Humanos .

Compartilhe: