V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Egressa do campus Propriá é aprovada em exame da OAB

Beatriz Oliveira realizou sonho de aprovação no exame da ordem e pensa nos próximos passos da carreira

às 11h33
Compartilhe:

Quando saiu o resultado final do exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) XXXII, um nome chamou a atenção: Ana Beatriz Santos Oliveira. Natural de Propriá (SE), ela se formou no curso de Direito da Universidade Tiradentes (Unit), campus Propriá, no primeiro semestre de 2021. Hoje, ela comemora com alegria as conquistas.

De acordo com Beatriz Oliveira a aprovação no exame da OAB é a realização de um sonho. Por isso, em meio às dificuldades, recebeu a notícia com grande alegria. “Em decorrência da pandemia de covid-19, a ansiedade tornou os momentos de estudo mais difíceis e tensos, porém, no final, receber a notícia e ver a alegria da minha família fez tudo valer a pena”, contou.

Os desafios da egressa acompanharam sua carreira desde a universidade, mas com dedicação, ela venceu. “Apesar dos momentos difíceis, a minha trajetória acadêmica foi repleta de aprendizado, bons momentos e muito crescimento pessoal. Essa aprovação é um reflexo disso. Realmente me entreguei e dei o meu melhor e, pelo visto, todos os esforços estão valendo muito a pena”, confirma Beatriz.

Para ela, a Unit foi fundamental no processo, desde o início da graduação até a conclusão do curso. “A Unit teve total importância na minha formação, afinal, me formei no polo Propriá e só tive a chance de fazer o meu curso dos sonhos, em minha cidade, graças à Unit, que levou mais oportunidades para os propriaenses. Ao finalizar a graduação, me senti totalmente preparada, pois tive professores excepcionais e uma equipe diretiva que sempre se mostrou prestativa e pronta para tornar nossa experiência  acadêmica mais leve, por isso tenho muita gratidão pela Universidade Tiradentes”, afirma.

O diretor da Unit campus Propriá, Bruno Teles, fala sobre o apoio da instituição e o comprometimento de cada aluno. “Além de todo o arcabouço teórico ministrado ao longo do curso, os professores fazem revisões. Temos o Núcleo de Práticas Jurídicas, que é uma excelente preparação, principalmente para a prova prática na segunda etapa do exame. E também tem a dedicação individual em busca da aprovação. Para nós, é uma honra ver nossos alunos alcançando espaços e nos dá a sensação de dever cumprido”, expressa.

A partir de agora, Beatriz espera seguir na carreira da advocacia, com a qual se identificou ainda no curso. “No decorrer do curso e o aprofundamento nos diversos ramos do direito, através dos estágios que fiz durante a graduação, criei um carinho muito grande por essa profissão e por isso pretendo já iniciar minha carreira e me especializar na área que desejo atuar, sempre dando o meu melhor para poder alcançar os objetivos que venho traçando”, conclui a egressa.

 

Leia também: Educação e direitos humanos: um debate complexo e transformador

Compartilhe: