V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Estudante conta com tecnologia para concluir a graduação

Perto de se formar, a estudante Nathalia Martins faz uma retrospectiva da sua trajetória acadêmica na Unit.

às 13h27
Imagem: Freepik
Imagem: Freepik
A estudante do 9º período de psicologia.
Compartilhe:

Nathalia Martins é deficiente visual. Atualmente, ela está no 9º período do curso de psicologia da Universidade Tiradentes (Unit) e enfrenta a rotina de estudos com a ajuda do Núcleo de Apoio Pedagógico e Psicossocial (Napps), aparatos tecnológicos e muita dedicação.

“No início da graduação, eu só tinha como auxílio tecnológico o leitor de tela do computador e ao decorrer do curso já havia outros meios para essa ajuda. Fui bem acolhida pelo coordenador e professores do curso. Os conteúdos das aulas tinham que ser menos visuais, só que ao mesmo tempo eles não podiam zerar esses elementos por conta dos outros alunos. Mas os professores se disponibilizavam a fazer com que eu acessasse os materiais de outra forma”, lembra.

Para ter acesso a materiais adaptados em Braille, a Unit adquiriu uma impressora, além de scanners para digitalizar páginas de livros e também notebooks para serem utilizados durante as aulas. “Nada me impede de seguir certinho no curso, algumas coisas foram resolvidas e outras vão sendo ajustadas conforme o dia a dia”, afirma Nathalia.

Com a ajuda no Napps, principalmente no início do curso, a estudante foi se adaptando à universidade. Para ela, ter o apoio do núcleo contribui para a sua formação. “Sempre que eu preciso vou até lá e eles resolvem. É bom saber que o Napps existe na instituição para o apoio que precisar. Seja, psicológico, pedagógico ou com o serviço social”, enfatiza.

Há poucos meses de se formar, Nathalia já pensa nos próximos passos. “Quero fazer o que eu amo, cuidar das pessoas, principalmente nessa brilhante profissão que escolhi”, conclui a estudante.

 

Leia também: Estudante de Direito conta com apoio do NAPPS

Compartilhe: