V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Fies: saiba mais sobre a renegociação e os prazos

Os estudantes devem ficar atentos às condições de renegociação de dívidas do Fies e os prazos de pagamento

às 20h39
Alunos que atrasaram o pagamento das parcelas do Fies em mais de 90 dias podem ter um desconto de até 99% do valor total (Marcello Casal Júnior/Agência Brasil)
Alunos que atrasaram o pagamento das parcelas do Fies em mais de 90 dias podem ter um desconto de até 99% do valor total (Marcello Casal Júnior/Agência Brasil)
Compartilhe:

Para muitos estudantes universitários, a renegociação é o melhor caminho para quitar as dívidas do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Estando inadimplente ou não, é interessante negociar as condições, bem como os prazos referentes ao pagamento do financiamento, mesmo porque há descontos que variam de acordo com o perfil de cada pessoa e que podem chegar até 99%.

Em março, o Ministério da Educação (MEC) informou que, dos 2,6 milhões de contratos ativos formalizados até 2017, mais de 2 milhões estavam na fase de amortização. E destes, mais de 1 milhão de estudantes estavam inadimplentes, com mais de 90 dias de atraso no pagamento. Para facilitar a quitação das dívidas, começou a valer em 1º de setembro o novo prazo para a contratação da renegociação, que pode ser feita até 31 de dezembro de forma remota, diretamente com os agentes financeiros (Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil).

“O Fies é um grande programa, pois ajuda os estudantes a manterem vivo o sonho de cursar uma universidade. Mas, vale ressaltar, que ele assim como os demais financiamentos, precisa ser encarado com responsabilidade e ser pago seguindo o que foi acordado em contrato. Por isso, a melhor orientação para aqueles que por ventura estão com prestações em atraso é que busquem as instituições bancárias e procurem os programas de renegociação de dívidas do Fies para deixar tudo em dia. Esse é o melhor caminho, pois as condições geralmente são interessantes e com descontos muito bons”, orienta o economista Werson Kaval, professor de MBA e Pós-Graduação nas áreas de Empreendedorismo, Inovação, Planejamento Estratégico e Gestão de Negócios do Centro Universitário Tiradentes (Unit Pernambuco). 

De acordo com as regras que regem a etapa atual, alunos que estão com o pagamento das parcelas em dia têm direito a um desconto de 12% da dívida. Já os alunos que estavam em fase de quitação em 30 de dezembro de 2021, mas que atrasaram o pagamento das parcelas em mais de 90 dias podem conseguir um desconto de até 99% do valor total. O desconto também pode ser solicitado pelos contratantes com atrasos de mais de um ano que tenham sido beneficiários do Auxílio Emergencial 2021 ou que estejam inscritos no CadÚnico.

Os estudantes com contrato com a Caixa Econômica Federal podem acessar o site sifesweb.caixa.gov.br ou o app Fies Caixa para consultar se têm direito à renegociação e também fazer simulações. Já aqueles com contrato com o Banco do Brasil podem realizar a renegociação pelo aplicativo do BB, bem como presencialmente nas agências bancárias. 

Asscom | Grupo Tiradentes

Compartilhe: