V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Encontro Brasileiro de Pesquisadores pela Justiça Social

Evento acontecerá em Aracaju de 31 de maio a 3 de junho com o tema“Democracia e Movimentos Sociais na América latina”

às 11h28
O 2º Encontro Brasileiro de Pesquisadoras e Pesquisadores pela Justiça Social acontecerá em Aracaju de 31 de maio a 3 de junho com o tema“Democracia e Movimentos Sociais na América latina”. A participação no evento é gratuita e a chamada para envio de trabalhos já está aberta.
Compartilhe:

O evento é direcionado à comunidade científica da América Latina, especialmente pesquisadoras e pesquisadores que desenvolvam investigações que discutam os processos de construção e reconstrução da democracia na América Latina e o papel dos movimentos sociais nesse contexto. O evento acontecerá na Universidade Tiradentes – Unit.

As inscrições devem ser realizadas pelo portal Magister, na aba inscrição em cursos de extensão. O evento contará com duas modalidades de publicação em anais: resumos (para pôsteres) e artigos completos (para apresentação oral). Somente os trabalhos aceitos para fins de apresentação oral deverão enviar os artigos completos. O limite de envio é dia 3 de julho de 2017.

O professor do mestrado de Direitos Humanos, Ilzver de Matos Oliveira, destaca a importância do encontro, que terá 50% da mesa formada por mulheres.“O evento aproxima as instituições de pesquisa e pesquisadores do nosso estado com outros de outros estados, com organizações internacionais de luta pelos direitos humanos; com outras associações de fora e de dentro do estado; com militantes sociais e diversos outros coletivos; amplia a visibilidade da temática da justiça social”.

Abertura

A conferência de abertura contará com a professora titular Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e Coordenadora da Universidade Bandeirante de São Paulo, Aldaíza Sposati. A docente atua nas áreas de estudo sobre pobreza, assistência social, política social, gestão municipal e Governo da cidade de São Paulo. Já a conferência de encerramento será realizada pela Mestre em Direito da Cidade e doutora em Direito Penal, Luciana Boiteux.  Ela tem uma larga experiência acadêmica na área de Direitos Humanos. Foi coordenadora do Grupo de Pesquisas em Política de Drogas e Direitos Humanos da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e pesquisadora associada ao Laboratório de Direitos Humanos da UFRJ.

Para outras informações sobre o evento e consulta do edital acesse: unit.br/justicasocial.

Com informações da Fundação de Apoio à Pesquisa e à Inovação Tecnológica do Estado de Sergipe  – Fapitec/SE

Compartilhe: