V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Mobilidade acadêmica amplia perspectiva profissional

Egressa de Enfermagem realizou mobilidade acadêmica nos Estados Unidos. Segundo ela, experiência impacta atualmente como embarcada

às 23h24
Hoje egressa interage com diversas nacionalidades enquanto enfermeira embarcada
Hoje egressa interage com diversas nacionalidades enquanto enfermeira embarcada
Egressa do curso de Enfermagem da Universidade Tiradentes, Suelen Maiasa dos Santos
Compartilhe:

Trabalhando como enfermeira embarcada no Rio de Janeiro (RJ), a egressa do curso de Enfermagem da Universidade Tiradentes, Suelen Maiasa dos Santos traz em sua experiência a vivência durante mobilidade acadêmica, ainda à época do programa Ciências sem Fronteiras.

 A estadia de 18 meses nos Estados Unidos possibilitou aprendizados acadêmicos e pessoais inesquecíveis, que repercutem até os dias atuais. “Foi um ano e meio em Detroit, Michigan, e foi uma das melhores experiências da minha vida! Com certeza mudou todo o meu percurso profissional e pessoal, já que o intercâmbio permite uma troca cultural fantástica”, relembra.

Suelen afirma que durante a mobilidade acadêmica, teve a oportunidade de aprimorar o inglês, o que a ajudou no atual trabalho. “A mobilidade permitiu a visualização de outras possibilidades e realidades. Quando voltei para a faculdade no Brasil, conseguia enxergar detalhes antes não vistos. Atualmente trabalho como enfermeira embarcada e a experiência internacional me auxiliou, visto que o inglês é essencial no offshore, já que maioria das embarcações tem funcionários de vários países”.

Mobilidade Acadêmica 

Com o Programa de Mobilidade Acadêmica (ProMAI), os estudantes regularmente matriculados nos cursos de graduação da Unit podem ter experiências em instituições de ensino de outros países. Gerido pela Coordenação de Relações Internacionais do Grupo Tiradentes, o ProMAI proporciona que as disciplinas cursadas no exterior tenham as respectivas equivalências feitas de maneira gratuita quando couber e houver paridade com disciplinas do currículo ao qual o estudante está matriculado na IES de origem.

Quem opta pela experiência internacional não necessita trancar o curso e precisa ter conhecimentos básicos da língua do País escolhido para obter o melhor aproveitamento pessoal e acadêmico da sua experiência. O objetivo, além da experiência cultural e linguística, é obter o maior aproveitamento acadêmico possível.

Para saber mais, clique aqui.

 

 

Compartilhe: