V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Mulher, um gênero no caminho do empoderamento

Delegada da mulher reconhece que a Lei Maria da Penha trouxe mecanismos que dão efetividade à investigação e à punição de homens que cometem infrações

às 19h57
Colaboradoras e gestoras participam da programação
Compartilhe:

A Diretoria de Gente e Carreira da Universidade Tiradentes preparou uma programação alusiva ao 8 de março, quando é comemorado internacionalmente o ‘Dia da Mulher’. Destinada a discutir entre colaboradoras de diversos setores da instituição problemas pertinentes ao gênero, a programação teve início no turno matutino com uma palestra em que a presidente do BPW, Rosiney Silva, falou sobre empreendedorismo. No turno vespertino, o tema em pauta destacou a violência contra a mulher e foi abordado pela Delegada da Mulher Marília Miranda. 

Atuando há cinco anos no setor, Marília reconhece que há motivos para comemorações, uma vez que existem as políticas públicas e as leis, apesar de ser inquestionável o número crescente de registros de violência contra a mulher.

“Se, por um lado, as mulheres hoje em dia se sentem mais à vontade de ir à delegacia procurar ajuda, por outro, há ainda a dependência muitas vezes econômica e emocional, fazendo com que ela permaneça nesse ciclo de violência”, pondera a palestrante que atribui ao fato diversos fatores, entre eles a existência de uma cultura machista bastante enraizada apesar do empoderamento cada vez maior das mulheres.

“A iniciativa da Diretoria de Gente e Carreira visa marcar o Dia Internacional da Mulher de maneira que possamos proporcionar espaços de reflexão de uma maneira leve para as nossas colaboradoras”, explica a diretora da DGC, Patrícia Junquilho. A ideia, segundo ela, é estimular entre os participantes a interatividade.

Patrícia é de opinião de que a mulher está percorrendo um caminho de autoafirmação nas relações de trabalho e no respeito da sua imagem como protagonista do seu próprio modelo de vida diante da sociedade.

Enquanto mulher e gestora da Diretoria de Gente e Carreira do Grupo Tiradentes –importante área de desenvolvimento de pessoas –, Patrícia acredita que o seu papel é de promover a construção de mentalidade e de relações. “O principal da nossa atribuição é construir espaços de relacionamento harmônico, onde a diversidade esteja contemplada”, reconhece.

Compartilhe: