V E S T I B U L A R UNIT
MENU

O suor não transmite o coronavírus, apenas as mucosas são canais de transmissão da doença

Responsável por causar infecções respiratórias o coronavírus é transmitido através das mucosas e não pelo suor revelam os estudos até o momento

às 21h49
Eficácia na prevenção
Eficácia na prevenção
Atitude de rotina
Compartilhe:

Por se tratar de uma doença muito nova que pegou de surpresa a população mundial, não há registro de posicionamentos científicos sobre todas as formas de contaminação do coronavírus. Sabe-se apenas que a disseminação da doença que é grave, pode ocorrer de forma continuada e até levar a óbito (com taxas elevadas para pessoas acima de 60 anos).

Segundo artigo publicado no site da Fiocruz a transmissão dos coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como: gotículas de saliva; espirro; tosse; catarro; contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão; e contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

“Não é possível a transmissão do novo coronavírus através do suor”, revela infectologista durante entrevista concedida ao portal de notícias G1. Ele lembra que o contágio é feito apenas através das mucosas: olhos, nariz e boca. “Não há nenhum indicativo de que o vírus atravesse a pele”, pondera.

Enquanto os estudiosos aceleram suas pesquisas na busca de um antídoto para o Covid-19 e as autoridades sanitárias intensificam providências de profilaxia, cabe à população entender que depende de cada indivíduo agir como soldado na frente de batalha de uma guerra silenciosa que não apontará vencedores, nem vencidos e sim, sobreviventes.

“Medidas simples como a informação da população, o isolamento sobretudo dos pacientes doentes, a atenção aos grupos mais vulneráveis e a higiene de mãos e superfícies tem se mostrado medidas muito efetivas”, esclarece o infectologista Matheus Todt.

Compartilhe: