V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Outubro Rosa: Caism oferece exames preventivos à população aracajuana

Mulheres, homens e homens trans residentes em Aracaju podem procurar atendimento e exames preventivos contra câncer de mama no Caism/Unit.

às 12h14
A estudante Hellen Porfírio, a professora Márcia Karina e o estudante Victor Hugo Carvalho.
A estudante Hellen Porfírio, a professora Márcia Karina e o estudante Victor Hugo Carvalho.
Ação de distribuição de folders, preservativos e agendamento para consultas no Caism, no minishopping do campus Farolândia.
Compartilhe:

No mês de prevenção ao câncer de mama, o Consultório de Atenção Integral à Saúde da Mulher (CAISM), do curso de enfermagem, intensifica os atendimentos e exames gratuitos. As consultas são realizadas no bloco E, sala 24, do campus Farolândia, nos turnos da manhã, tarde e noite. Desde janeiro, o Caism contabilizou 479 atendimentos a mulheres, homens e homens trans residentes em Aracaju-SE. Em apenas sete dias, em outubro já aconteceram 32 atendimentos.

“O Caism é um projeto muito importante para que a gente possa divulgar informações importantes para prevenir patologias futuras. A partir do momento que a mulher inicia a vida sexual, o ideal é que ela faça exames de rastreamento. Se ela não faz o uso do preservativo, tem um dos fatores de risco para o câncer de colo de útero que é a contaminação pelo HPV. Então, ela está mais suscetível”, diz a professora Márcia Karina Lima Dantas.

Além dos exames de rastreamento do câncer de colo de útero, o Caism realiza o exame clínico das mamas, orientando sobre a importância de realizar também o autoexame.

Todos os serviços são oferecidos gratuitamente e podem ser agendados pelo número 3218-2136. Após os resultados dos exames e consultas realizadas no Caism, o paciente é encaminhado para uma Unidade Básica de Saúde (UBS) ou unidade de referência, de acordo com a necessidade. O Caism é totalmente custeado pela Unit, com parcerias do Centro de Referência da Mulher/Referência Estadual para Genitoscopia e Secretaria Municipal de Saúde de Aracaju.

Atendimento a homens

O Caism também atende homens e homens trans. “O câncer de mama não atinge somente a população feminina. E uma porcentagem bem pequena, cerca de um por cento, mas ele atinge também o público masculino. Infelizmente, os homens tendem a procurar atendimento quando percebem algum sintoma de que algo no corpo não está certo. Então, temos essa dificuldade, mas fazemos constantemente ações de educação em saúde, orientando os homens sobre a importância dele perceber seu próprio corpo e procurar os serviços de saúde”, ressalta a professora. No caso dos homens trans, a realização dos exames de mama e citológico ainda são necessários. 

Práticas

Para o aluno de enfermagem, Victor Hugo Carvalho, a importância de falar sobre prevenção ao câncer de mama e de colo de útero é essencial. “É importante não só no mês de outubro. É importante para que as mulheres e os homens trans se cuidem ao longo do ano e dos anos, e se conheçam e saibam como está seu corpo por dentro. Também é importante lembrar que esse serviço é totalmente gratuito, aberto para toda a população. A questão não é procurar fazer  o exame quando a pessoa está com alguma queixa ou sintoma, é importante fazer os exames para se prevenir”, enfatiza.

Além de prestar serviços à comunidade, a proposta do Caism é oferecer aos acadêmicos do 5º período do curso o acesso à prática da Consulta de Enfermagem Ginecológica durante o ensino clínico. Os estudantes são responsáveis pela assistência à clientela e gerenciamento do serviço, sob supervisão de docentes, atuando em ações de controle.

A estudante Hellen Porfírio, está na expectativa para o aprendizado que terá no Caism. “Tem sido uma experiência incrível, dar essa assistência e trazer para a prática o que aprendi na teoria. Um dos temas que acho mais importante é ‘planejamento familiar’ e ‘infecções sexualmente transmissíveis’, trazer esse conhecimento principalmente para que as mulheres saibam que tem alguém por trás preocupado com a situação dela, tentando deixá-la confortável para contar a situação”, conta.

Outras ações

Como outubro é o mês alusivo à prevenção ao câncer de mama, os estudantes de enfermagem farão diversas ações, como a distribuição de folders, preservativos e agendamento para consultas no Caism, no minishopping do campus Farolândia. “Fazendo a busca ativa para fazer o exame de mama e também o preventivo do câncer de colo de útero, falando da importância deste exame, do rastreamento, muitas universitárias foram alertadas e conseguimos agendar diversos exames”, conclui Hellen.

 

Leia também: Ingestão de proteínas pode ser aliada durante tratamento oncológico

Compartilhe: