V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Pedido de demissão pode gerar 'efeito contágio' na empresa?

Saída de um colaborador pode motivar outros colegas a também se demitirem; para especialista em carreiras, o ‘contágio negativo’ é mais comum do que se pensa

às 17h54
O pedido de demissão de um colaborador por insatisfação com a empresa pode influir os colegas a fazer o mesmo, o que é chamado de “efeito contágio” (Reprodução)
O pedido de demissão de um colaborador por insatisfação com a empresa pode influir os colegas a fazer o mesmo, o que é chamado de “efeito contágio” (Reprodução)
Compartilhe:

Você já parou para pensar no efeito contágio que acontece quando um funcionário de uma empresa, que está insatisfeito com o trabalho, começa a falar dessa insatisfação para os outros colegas até chegar a pedir sua demissão? Geralmente logo depois, outros colaboradores também começam a pedir para sair da empresa, o que os especialistas chamam de “efeito contágio”. Isso é muito comum e pode envolver diversos funcionários, que reagem independentemente à mesma mudança de pessoal e de política do local de trabalho. 

“Quando um colaborador está insatisfeito e começa a falar disso para os colegas, isso causa um efeito contagioso negativo. É tanto que as pessoas que nem estavam insatisfeitas, começam a olhar os pontos negativos da empresa. Nenhuma organização é perfeita, todas têm as suas dificuldades. Mas, também, costumo dizer que a insatisfação é do ser humano mesmo, nós nunca estamos satisfeitos com quase nada”, explicou a gerente do Unit Carreiras, Janaína Machado.

A força do efeito contágio depende de quais funcionários estão saindo e do tipo de circunstâncias das suas demissões. E a empresa precisa ter muito cuidado quando isso está ocorrendo, segundo frisou Janaína Machado. Entre esses cuidados, a firma precisa buscar uma comunicação assertiva com todos os colaboradores, para evitar fofocas. 

“É chamar todos, ter transparência na informação e tentar um plano de melhoria seja em questão salarial, ou de benefício. Seja na questão de relacionamento, ou de liderança. Então é preciso ter a humildade de identificar os problemas. Isso pode ser feito, também, através de uma pesquisa de clima. Ela é muito importante para identificar esses problemas e ter um conserto. Então, na medida em que isso acontece e a empresa vai identificando os problemas, ela tem condições de sanar e evitar perder muita gente qualificada”, destacou a gerente. 

O problema de ‘efeito contágio’ tem acontecido muito na área de Tecnologia da Informação (TI). Isso porque, segundo Janaína, o mercado de tecnologia está extremamente aquecido e muitas empresas de fora do país estão contratando, oferecendo benefícios e um salário maior do que os das empresas do mercado brasileiro. “Para evitar o efeito contágio e as demissões em massa, é preciso ser identificado o problema que está ocorrendo dentro da empresa e tentar resolvê-lo. Se não podem melhorar o salário do colaborador, quais são os outros benefícios que a empresa pode conceder a ele? E por aí vai”, ressaltou.

Asscom | Grupo Tiradentes 

Compartilhe: