V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Política, justiça e cidadania é tema da nona edição do Congresso Estanciano de Direito

Senador da república Alessandro Vieira, responsável pela CPI dos Tribunais Superiores, abriu o Congresso Estanciano de Direito. Programa segue até dia 8

às 14h10
Senador Alessandro Vieira abriu o congresso
Senador Alessandro Vieira abriu o congresso
Programação segue até dia 8
Congresso Estanciano de Direito movimenta o Campus Unit Estância
Alunos fazem parte da comissão organizadora
Senador discutiu sobre Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Tribunais Superiores, conhecida como Lava Toga
Compartilhe:

Por Carolina Barbosa e Raquel Passos

Proporcionar debates voltados a política, justiça e cidadania,
para o meio acadêmico, é o intuito da nona edição do Congresso Estanciano de Direito. As palestras abertas ao público, são promovidas pelo curso do campus Estância da Universidade Tiradentes – Unit – e iniciaram neste dia 6, com programação que segue até esta quarta-feira, 8.

O objetivo também é discutir as consequências da crise e a revitalização dos direitos e garantias fundamentais. Ao final, os participantes receberão certificado. “As ideias desenvolvidas nos congressos de Estância sempre foram voltadas para temais atuais, situações que a sociedade brasileira vivencia e que tem impacto no aprendizado do aluno. Procuramos trazer esses debates para dentro da universidade, o que permite que os estudantes reflitam e aprofundem seu conhecimento sobre temáticas importantes”, afirma o coordenador do curso de Direito em Estância, professor Manuel Caldas.

Para abrir oficialmente a sequência de debates, o palestrante da primeira noite foi o senador da república Alessandro Vieira, que discutiu a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Tribunais Superiores, conhecido como Lava Toga. O delegado encabeça a CPI que que pretende investigar todos os possíveis excessos cometidos pelas cortes. 

“É uma pessoa que está à frente de uma cruzada  anti-corrupção. É importante criar esse diálogo, discutir sobre isso e perceber a visão política do delegado. Abordar assuntos como esse enriquece demais toda academia”, destaca o professor Manuel Caldas.

Evento

Entre os convidados, estão nomes renomados da área de Direito como o Defensor Público Marcos Palmeira; a defensora pública e vereadora Emília Corrêa; o juiz de direito Roberto Alcântara; a advogada Lilian Melo; e o Advogado e professor universitário Evaldo Campos.

O evento conta com o apoio dos acadêmicos de Direito do campus Unit Estância na organização. Para o estudante do 9º período e coordenador da comissão organizadora, Conrado Junior, a temática contribui para formação dos universitários.

“Essas palestras aproximação as discussões que estão diariamente na mídia e na sociedade para o nosso sistema jurídico, levantando até mesmo novas questões. Por exemplo, se chegarmos a uma pessoa e perguntarmos o que é extorsão sexual, talvez ela não saiba responder. Mas quando é explicado como acontecerá nas palestras, eles passam a ter consciência sobre e o que consta no ordenamento jurídico”, pontua.

Programação

Terça-feira, 7/05
Campus Unit Estância
19h – Palestra: Cidadania: realidade ou utopia?
Palestrante: Emília Corrêa (Defensora Pública e Vereadora)
20h30 – Palestra: O Poder Judiciário como Democracia
Palestrante: Roberto Alcântara (Juiz de Direito)

Quarta-feira, 8/05
Campus Unit Estância
19h – Palestra: Sextortion: (in)Segurança na produção e compartilhamento de conteúdo íntimo.
Palestrante: Lilian Jordeline Melo (advogada)
20h30 – Palestra: O esfriamento da Operação Lava Jato.
Palestrante: Evaldo Campos (advogado e professor universitário)

Compartilhe: